A luz que perdemos – Jill Santopolo | Resenha #419 @EditoraArqueiro

Venho aqui falar uma pouco sobre esse livro maravilhoso: “A Luz que perdemos” da autora americana Jill Santopolo publicado aqui no Brasil em 2018 pela Ed. Arqueiro.
2 Shares
0
0
2
A luz que perdemos – Jill Santopolo | Resenha #419 @EditoraArqueiro

Título: A luz que perdemos
Autor: Jill Santopolo
Lançamento: 2018
Estante: Skoob
Páginas: 272
Editora: Arqueiro
Comprar: Amazon
Literatura: Estrangeira
Gênero: Romance, Drama
Estrelas: 5/5

Sinopse: Da lista de mais vendidos do The New York Times, USA Today e Publishers Weekly.

Lucy e Gabe se conhecem na faculdade na manhã de 11 de setembro de 2001. No mesmo instante, dois aviões colidem com as Torres Gêmeas. Ao ver as chamas arderem em Nova York, eles decidem que querem fazer algo importante com suas vidas, algo que promova uma diferença no mundo.

Quando se veem de novo, um ano depois, parece um encontro predestinado. Só que Gabe é enviado ao Oriente Médio como fotojornalista e Lucy decide investir em sua carreira em Nova York.

Nos treze anos que se seguem, o caminho dos dois se cruza e se afasta muitas vezes, numa odisseia de sonhos, desejo, ciúme, traição e, acima de tudo, amor. Lucy começa um relacionamento com o lindo e confiável Darren, enquanto Gabe viaja o mundo. Mesmo separados pela distância, eles jamais deixam o coração um do outro.

Ao longo dessa jornada emocional, Lucy começa a se fazer perguntas fundamentais sobre destino e livre-arbítrio: será que foi o destino que os uniu? E, agora, é por escolha própria que eles estão separados?

A Luz Que Perdemos é um romance impactante sobre o poder do primeiro amor. Uma ode comovente aos sacrifícios que fazemos em nome dos ­nossos sonhos e uma reflexão sobre os extremos que perseguimos em nome do amor.


Olá leitores!

Venho aqui falar uma pouco sobre esse livro maravilhoso: “A Luz que perdemos” da autora americana Jill Santopolo publicado aqui no Brasil em 2018 pela Ed. Arqueiro. Acrescento que este é o primeiro livro da autora voltado para o público adulto que já foi traduzido para 34 países e já teve os direitos vendidos para uma adaptação cinematográfica. (Não vejo a hora desse filme ser produzido). Ressalto, que esse livro vale MUITO à pena ser lido e aplaudido, pois este nos diverte, enaltece, emociona e nos ensina de maneira crua sobre o peso de nossas escolhas.

Sobre a história

Na obra aqui referida temos a narrativa em primeira pessoa na voz de Lucy que é nossa protagonista. E também temos Gabe (Gabriel) par romântico de Lucy. Eles estão no último ano do ensino médio, e se conhecem no tórrido dia 11 de setembro nos EUA. Imaginem a confusão…pois é!

Bom…esse casal (que é meu queridinho), ficam juntos por alguns anos, aproveitando a vida ao máximo, e claro um aproveitando da companhia do outro no que podem. Sinceramente achei que fossem ficar juntos até o final da trama, mas não! Gabe quer voar mais alto em sua profissão de fotógrafo, quer fazer a diferença, segundo o próprio Gabriel, a cidade de Nova York ficou pequena para ele.

Nossa… apesar de adorá-lo, fiquei muito irritada com ele quando faz a escolhe de ir para o Oriente Médio fotografar o que ele acha que vai fazê-lo realizado em sua profissão pois…e Lucy? Como ela fica? Para ela o fato de ficarem juntos eternamente era algo consolidado por ambos tacitamente. Mas não, os dois se separam, cada uma tomando o seu rumo. Apesar de separados eles mantêm contato por e-mails, se veem algumas vezes, e é de cortar o coração quando novamente os dois se encontram e se separam e voltam a cuidar de suas vidas.

Minha opinião

Pessoal, eu amei esse livro, é um dos meus livros favoritos da vida. Esse casal, me alegrou, entristeceu, irritou, enfim… me fizeram sentir um complexo de emoções, assim como era a vida de ambos. Ah, antes que me esqueça, os personagens são muito bem construídos e a leitura do livro fluída, muito fácil de compreender.

O final…ai o final!!! Eu fiquei chocada, não fazia a mínima ideia do que a autora criou para nós, leitores. Foi uma bofetada na minha cara, que tive que engolir e infelizmente aceitar um final tão…tão…não tenho palavras para descrever esse final, a não ser que fiquei chocada! Vocês vão se surpreender com Gabe e a atitude de Lucy, ou melhor com a escolha de Lucy.

Não vou me estender mais. O próximo passo quem vai decidir são vocês. Será que estão preparados para acolherem Gabe e Lucy em suas vidas?

Se vocês gostam de histórias dramáticas leiam também Beleza Perdida da autora Amy Harmon.

Até!

2 Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.