Arlindo – Ilustralu | Resenha #423 @EditoraSeguinte

Esse HQ veio da internet. Mais precisamente do Twitter. Ele era lançado uma página por semana.
4 Shares
0
0
4
Arlindo – Ilustralu | Resenha # @EditoraSeguinte






Título: Arlindo
Autor: Ilusralu
Lançamento: 2021
Estante: Skoob
Páginas: 200
Editora: Seguinte
Comprar: Amazon
Literatura: Nacional
Gênero: HQ, LGBT
Estrelas: 5/5

Sinopse: Arlindo é um garoto cheio de sonhos e vontade de encontrar seu lugar no mundo. Tudo o que ele quer é seguir sua vida de adolescente na cidadezinha onde mora, no interior do Rio Grande do Norte. Ele aluga filmes na locadora com as amigas todo sábado, sente o coração bater mais forte pelas primeiras paqueras, canta muito Sandy & Júnior no chuveiro, e ainda cuida da irmã mais nova e ajuda a mãe a fazer doces para vender.
Por mais que ele se esforce e dê o seu melhor, muita gente na cidade não aceita Arlindo ― o que traz uma série de problemas na escola e até mesmo dentro de casa. Aos poucos, porém, ele vai perceber que vale a pena lutar para ser quem ele é, ainda mais quando tem tanta gente com quem contar.
Com um traço divertido, cores vibrantes e um monte de referências aos anos 2000, esta história em quadrinhos que já conquistou milhares de fãs na internet fala sobre encontrar forças nas pessoas que a gente ama e dentro de nós mesmos.

**Exemplar cedido pela Editora Seguinte / Netgalley**

Esse HQ veio da internet. Mais precisamente do Twitter. Ele era lançado uma página por semana. Depois foi financiado no catarse para virar HQ físico e hoje é vendido pela Editora Seguinte.

Arlindo é um adolescente LGBT de 15 anos, nascido no interior do Rio Grande do Norte. A história se passa nos anos 2000. Então já trás pra gente um tom nostálgico bem agradável e de muita saudade. Principalmente por causa de Sandy & Júnior rs

Apesar de ser um livro com protagonista LGBT, quem não é vai se identificar muito também. Principalmente se foi jovem nos tempos que a história se passa.

Arlindo

Então nesse quadrinho, vamos ver o dia a dia do Arlindo. Um adolescente que ainda está se descobrindo e descobrindo o mundo.

Infelizmente ele tem uma família, e principalmente um pai, homofóbico. Ele ainda vive no “armário”. Além dos transtornos familiares, veremos também o bullying escolar.

Mas ao longo do livro, vamos vendo a vida se transformando e também o nosso protagonista.

Gráfico

Além de ser uma história linda, é um HQ lindo fisicamente falando. As cores, os desenhos, a fonte dos diálogos. Da pra vermos que foi feito de uma forma carinhosa.

Como disse no início, eu me identifiquei muito com o livro. Não pela parte LGBT ou de descobertas. Mas pelo bullying na escola, a juventude nos anos 2000 e também viver em uma cidade pequena.

É uma história linda que todos deveriam ler. Tem uma sensibilidade enorme em tudo o que é mostrado e falado.

4 Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.