Lançamentos @editoraaleph: Duna – Frank Heerbert

“Reconhecido pela crítica e considerado um dos mais vendidos de todos os tempos, Duna, retorna ao leitor em uma edição a altura de sua importância: com tradução revisada, um novo projeto gráfico, capa dura e uma introdução escrita por Neil Gaimain.”

A editora Aleph relançou o  aclamado livro Duna, de Frank Herbert, lançado originalmente em 1965. Essa nova edição possui capa dura e uma introdução escrita pelo autor Neil Gaiman. 

A editora já havia lançado há alguns anos os três primeiros livros da série, mas devido a problemas não prosseguiu. Agora a editora relança o primeiro livro da série Dunas com um novo projeto gráfico e a promessa de que a cada 2 ou 3 meses lançará um livro novo da série até que esta esteja terminada.
Uma estonteante mistura de aventura e misticismo, ecologia e política, este romance ganhador dos prêmios Hugo e Nebula deu início a uma das mais épicas histórias de toda a ficção científica. Nessa trama repleta de política e religiosidade, o jovem Paul Atreides, herdeiro de uma poderosa família que foi vítima de um golpe, é treinado nas doutrinas secretas de uma antiga irmandade, que vê nele a esperança de realização de um plano urdido há séculos. Assim começa uma trajetória para transformar um homem comum em herói e messias.

Duna é um triunfo da imaginação, que influenciará a literatura para sempre. Nesta edição inédita, com introdução de Neil Gaiman, o leitor é apresentado a esse universo fantástico, que será adaptado ao cinema por Denis Villeneuve, diretor de A chegada e de Blade Runner 2.

Bell

Bell

Sou Bell Paula, tenho 28 anos e sou Bacharel em química e estudante de Tecnologia de Processos Químicos. A leitura está presente na minha vida desde criança, quando meus pais compravam para mim os gibis da Turma da Mônica, isso com meus 8 anos. Apaixonada por série que ninguém conhece, filmes clichês e músicas estranhas, tenho no manuscrito um lugar para falar das minhas leituras e compartilhar minha paixão. Amo livros de YA, romance e fantasia, mas adoro um bom clichê.

Leia também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Arquivos