Resenha #180 O ano em que disse SIM – @shondarhimes



Título: O ano em que disse SIM.
Autor: Shonda Rhimes
Lançamento:  2016
Páginas: 256
Editora: BestSeller
Gênero: Desenvolvimento Pessoal
Estrelas: 5/5

Sinopse: “Você nunca diz sim para nada. Foram essas seis palavras, ditas pela irmã de Shonda durante uma ceia de Ação de Graças, que levaram a autora a repensar a maneira como estava levando sua vida. Apesar da timidez e introversão, Shonda decidiu encarar o desafio de passar um ano dizendo “sim” para as oportunidades que surgiam. Os “sins” iam desde cuidar melhor de sua saúde até aceitar convites para participar de talk shows e discursos em público. Além disso, Shonda deu um difícil passo: dizer sim ao amor próprio e ao seu empoderamento. Em O Ano em que disse sim, Shonda Rhimes relata, com muito bom humor, os detalhes sobre sua vida pessoal, profissional e como mergulhar de cabeça no “Ano do Sim” transformou ambas e oferece ao leitor a motivação necessária para fazer o mesmo em sua vida.”

Muito
provavelmente, você já ouviu falar na Shonda Rhimes. Ou escutou algo sobre suas
famosas séries de TV. Shonda é escritora das séries Grey’s Anatomy e Scandal.
Além de ser produtora executiva de  How to Get Away With Murder.

” Sou uma falsa médica que escreve medicina falsa para TV.”

Quis ler esse
livro, pois sempre escutava as pessoas falando que era muito bom, que era um
livro apaixonante. Só sabia que era o ano que a personagem disse SIM. Pois é,
eu achava que era uma ficção. O que me surpreendeu por ser uma história real. A
história da Shonda!










Shonda, ao ouvir
sua irmã dizer que ela sempre diz “não” para tudo, decide que está na hora de
virar o jogo e começar a fazer as coisas que a assustam e decidiu que aquele
ano, serio o ano do “sim”.



” – Você nunca diz ‘sim’ para nada.”



Mesmo com medo, nervosa,
crises, Shonda levou a sério e disse “sim” para coisas que nunca se imaginou
fazendo. Como por exemplo, dar entrevistas, fazer discursos, ser o centro das
atenções.
“Vou dizer ‘SIM’ a tudo e a qualquer coisa que me apavore. Durante um ano inteiro.”

No vídeo abaixo,
Shonda conta um pouco sobre o ano do “sim”, no programa TED.

“Porque eu nunca, jamais, falava em público sem ter bebido duas taças de vinho.”
Me encantei com
todas as histórias que li. E muitas vezes, me senti como Shonda Rhimes se
sentiu. Aquele nervosismo, a vontade de dizer “não” e mesmo assim, dizer “sim”.

Como ela mesmo
disse, o ano do “sim” se extende até os dias atuais. Ela só precisou de um
um empurrãozinho para mudra a sua vida. E acredite, mudou para melhor.

Esse livro, foi
ensinamento para mim e acredito que para muitas pessoas que leram também. Além
de nos mostrar como Shonda superou os obstáculos e porque ela era tão “anti-social”.

Esse livro merece
5 estrelas pois a todo momento me senti muito próxima da autora.  Senti que ela estava contando essa história
para mim. Uma leitura muito leve, fluida, com muitos momentos cômicos.


Assistam todos os
vídeos que ela diz que existem na internet. A gente pode ver nitidamente a sua evolução.
“E foi assim que o ano do sim passou de 12 meses para o sempre.”

Beijos e até a
próxima
😊

Dani Fernandes

Dani Fernandes

Tenho 25 anos, sou estudante de Sistemas de Informação, mas amo o mundo do literário. Sou apaixonada por romances, mas ando me aventurando nas fantasias e suspenses.

Leia também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Arquivos