Resenha #231 Mocassins e All Stars – Clara Savelli

Título: Mocassins e All Stars
Autor (a): Clara SAvelli
Estante: Skoob
Lançamento: 2019
Páginas: 430
Editora: Independente
Comprar: Amazon
Literatura: Nacional
Gênero: Young adult, romance
Estrelas: 4,5/5

“— Gostei dos seus sapatos. Ele disse isso, eu juro. Só isso. “Gostei dos seus sapatos” e foi em­bora! Reparei nos seus sapatos enquanto ele ainda estava por perto. Eram mocassins. O tipo de gente que usa mocassins na escola não deveria gostar dos meus all stars!”
Julie está em um momento complicado da vida. Depois da morte do seu pai, ela e sua mãe se mudam para o outro lado do país – lar de sua avó materna, que ela nunca conheceu. Julie se vê obrigada a deixar seus melhores amigos para trás, a enfrentar colegas nem um pouco receptivos no novo colégio e a conviver com Arthur, esse garoto implicante que parece amar tirar sarro de seus sapatos, que a coloca em furadas desde seu primeiro dia de aula.
Entre mistérios, brigas e romance, Julie descobre algo sobre sua avó que muda o rumo de tudo. Ela só queria terminar o Ensino Médio, comprar uma moto e decidir o que fazer na faculdade, mas a vida não poderia facilitar tudo para ela, poderia?
(Edição Comemorativa – 10 anos)

Sabe quando você descobre um livro por acaso? Pois foi o que aconteceu com Mocassins e All Stars. Eu estava olhando os stories quando vi uma postagem sobre a campanha de financiamento do livro e resolvi dar uma chance. Melhor decisão que eu tomei na minha vida.

Mocassins e All Stars conta a história de Julie Kremman, que após a morte de seu pai se muda junto com sua mãe para Monterey, cidade onde morava sua avó materna. Sua vida nessa nova cidade não é algo muito fácil de lidar. Ela acabou de perder o pai, teve de abandonar seus amigos, não conhece muito bem sua avó que não participou muito de sua vida, os alunos da nova escola não são exatamente as melhores pessoas e para piorar há Arthur Torrez, que parece gostar de zombar de seus sapatos.

Virei e avistei Arthur. Ou Torrez. Ou Arthur Torrez, tanto faz. Não era à toa que ele era o solteiro mais cobiçado do colégio; Alto, musculoso na medida certa, cabelo preto bagunçado e uns olhos verdes maravilhosos. O único defeito era que ele parecia realmente gostar de tirar sarro dos meus tênis.


Julie só quer terminar seu último ano em paz, comprar sua moto e tentar decidir o que fará na faculdade, mas a vida não a ajudou muito. Na nova escola ela terá que lidar com pessoas tentando se aproximar e com pessoas tentando prejudicá-la, com novos amigos e com novos inimigos. Além, obviamente, da saudade dos amigos que ficaram para trás.

O livro gira basicamente em volta da vida estudantil de Julie, mas não pense que isso torna o livro massante, muito pelo contrário, nos vemos cada vez mais envolvidos nas encrencas que Julie arruma por culpa de Artur. Mas nem só de encrenca vive um livro, por isso temos também momentos muito fofos protagonizados por Julie e Artur. Temos também muitos segredos revelados e também muitas intrigas e artimanhas de líderes de torcida, além de muitas amizades verdadeiras e pessoas que dariam tudo para ver um amigo feliz. 

Nós somos tão diferentes e ainda assim nos atraímos, sabe lá Deus por qual razão. Ou melhor, Coulomb sabe a razão. Ok, talvez eu deva começar a prestar mais atenção em física. Porque se todas as aplicações dela forem assim… Ela pode se bem interessante.


Como já disse no início da resenha, o livro foi adquirido através de um financiamento coletivo e dentro do livro vieram alguns brindes que tinham a ver com a história. Conforme as páginas iam sendo viradas, os brindes que tinham a ver com o momento iam aparecendo e dava uma sensação maior de imersão na história. E pela primeira vez não fui curiosa de ficar caçando tudo que vinha dentro do livro, o que foi uma decisão acertada.

O livro, como a própria Clara dizia durante os emails da campanha, é um tijolinho com pouco mais de 400 páginas, mas, apesar do tamanho dele, a leitura é tão fluida e rápida que eu acabei o livro em três dias e vou te contar, eu queria mais alguns capítulos.

-Eu sabia  que você ia me ferrar desde o dia que você entrou naquela escola. Sabia que eu ia acabar ficando encantado pelas suas “diferenças” e que você ia me detestar pela fama ridícula que eu tenho na escola. Eu sabia que se eu quisesse me aproximar da garota nova que parecia ser extremamente interessante, eu teria que usar todos os artifícios possíveis. Eu só não sabia que ela ai ser tão… Fria.


A diagramação está maravilhosa, com letras em ótimo tamanho até para quem é meio cega como eu. As páginas são brancas, mas precisamos levar em consideração que foi uma campanha de financiamento coletivo e não dá pra se ter tudo também. A capa está linda demais, com detalhes em auto relevo e que tem tudo a ver com a história. No início de cada capítulo há a ilustração de um all star que dá um charme a mais na história.

Apesar de achar em alguns momentos que o livro está com alguns clichês além da conta, isso nem de longe se tornou um problema, pois a Clara soube levar tudo muito bem para que não se tornasse apenas mais do mesmo. Ela tem uma escrita leve e que nos encanta já no início do livro e você não consegue parar de ler até que tenha terminado todo o livro. 

[…] – Acho que o amor deixa a gente meio tapada.


Eu gostaria de falar um pouco sobre os personagens, mas eu vou deixar vocês na curiosidade. Pois caso vocês tenham a oportunidade de ler esse livro em algum momento da sua vida, você vai querer saber o menos possível sobre ele para que a surpresa da história seja total, além de que eu não quero influenciar ninguém a gostar do fofo do David e da descolada da Leah. (Ops!)

A partir de hoje eu recomendarei Mocassins e All Stars para todo mundo, porque além de ser um livro nacional maravilhoso, todo mundo precisa conhecer a história de Julie Kremman e Artur Lopes e se apaixonar por eles. E afinal, quem não quer colocar novamente sua capa de adolescente e sentir de novo como se estivesse no ensino médio?

Beijos e até a próxima!

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Instagram

Editora Parceira

Aliança de Blogueiros

Arquivo