@DarkSideBooks lança O Médico e o Monstro & Outros Experimentos de Robert Louis Stevenson

Editora DarkSide Books anuncia o lançamento da peça que faltava para completar a tríade monstruosa e atemporal na coleção Medo Clássico:

o livro O Médico e o Monstro & Outros Experimentos, escrito Robert Louis Stevenson para o início do mês de novembro.

Todos temos um lado pouco conhecido, secreto, por vezes maligno e até monstruoso. Raros, porém, são aqueles que dão vazão a esta faceta. O autor escocês soube retratar, como poucos, este aspecto das personalidades múltiplas em sua novela gótica. O Médico e o Monstro, publicada originalmente em 1886, em Londres é considerado um dos três maiores clássicos do gênero de horror, ao lado de Frankenstein e Drácula e inspirou incontáveis traduções, adaptações, interpretações e homenagens ao longo das décadas.

A nova edição de O Médico e o Monstro & Outros Experimentos é o livro que todo darksider sempre sonhou. Capa dura para proteger o material de elementos químicos destrutivos, tradução cuidadosa de Paulo Raviere para honrar o trabalho de Stevenson, ilustrações impecáveis de Alcimar Frazão para explorar as nuances metafóricas dos personagens — e, claro, uma seleção de contos perfeita para quem quer conhecer ou revisitar o talento inigualável de Stevenson.

Adquire a sua comprando na Amazon.

Além da curiosa história do advogado Gabriel John Utterson preocupado com o comportamento estranho do seu amigo Dr. Henry Jekyll, outros “experimentos” de Stevenson que flertam com o terror e o sobrenatural estão presentes neste volume. É o caso dos contos “Markheim”, “O Apanhador de Corpos”, “Olalla” e “Janet, a Entortada”), sem falar nos contos de mistério e aventura (“A Praia de Falesá”), e fantasia (“O Demônio da Garrafa”, “A Ilha das Vozes”). Nenhuma dessas narrativas, porém, pode ser resumida a um gênero e enquadrada em apenas uma categoria. Alguns deles estão entre os mais brilhantes exemplares de ficção de horror do século XIX.
“O Apanhador de Corpos” é inspirado no célebre caso de Burke e Hare, seriais killers escoceses que matavam para fornecer cadáveres a um professor de anatomia. Em “Markheim”, conto de horror psicológico, Stevenson evoca alguns dos grandes assassinatos ingleses do século XIX para narrar o desespero de um homicida imediatamente após o seu ato. “Janet, a Entortada” é exploração linguística que, se em primeiro plano conta uma história de possessão demoníaca, mais a fundo sugere quão terrível pode ser uma multidão assustada e supersticiosa, mal que afligira a Europa durante a Inquisição, e atualmente apenas mudou de forma. “Olalla” é o soturno relato do enfermo que decide passar uma temporada na villa de uma nobre, porém decadente família espanhola.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Editora Parceira

Aliança de Blogueiros

Arquivo