PRIMEIRAS IMPRESSÕES ANIME (ABRIL/2020): BNA (BRAND NEW ANIMAL)

Título: BNA(Brand New Animal)
Gênero: Fantasia
Autor(a): Nanami Higuchi/ Kazuki Nakashima

No século XXI, a existência de homens-feras veio à tona depois de estar escondida na escuridão da história. Kagemori Michiru viveu a vida normal como um ser humano, até que um dia ela de repente se transforma num Tanuki. Ela foge e refugia-se numa área especial da cidade chamada “AnimaCity”, criada há 10 anos para que homens-feras possam viver como eles mesmos. Lá Michiru conhece Ogami Shirou, um lobo que odeia humanos. Através de Shirou, Michiru começa a aprender sobre as preocupações, estilo de vida e alegrias dos homens-feras . Enquanto Michiru e Shirou tentam descobrir por que Michiru de repente se transformou numa mulher-fera, eles inesperadamente envolvem-se num grande incidente.

Mais uma temporada de animes chegando, e o que acabou de estrear com 6 episódios de antecedência pela Netflix é BNA, um anime original do Estúdio Trigger. Esse anime está na minha lista de animes da temporada por ter uma sinopse bem diferente do que eu vi, e me pareceu que vai ser bastante divertido, com vários mistérios e aquela pegada de ação pelo trailer.

Já começamos com nossa protagonista Michiru fugindo de caçadores e tentando chegar em AnimaCity, uma área criada através da parceria entre a Prefeita Barbaray Rose e a Farmacêutica Sylvasta para que os homens-feras pudessem viver uma vida tranquila, sendo eles mesmo.

Com a ajuda da Itami Mary, Michiru consegue chegar em AnimaCity no meio de um Festival. No momento em que está aproveitando o evento, ela acaba sendo roubada. E enquanto está perseguindo o ladrão, acaba sendo testemunha de uma tentativa de terrorismo.

Assim, ela conhece o lobo Ogami Shirou, e mais pra frente acaba se envolvendo em uma luta (completamente unilateral) entre o Shirou e os Terroristas. Quando a briga acaba, Michiru e Shirou vão para uma Associação, e a partir daí Michiru vai começar a viver e conhecer Animal City enquanto tenta achar uma cura.

É bem visível que vários humanos não gostam dos homens-feras (Típico), e vice-versa. Eu imagino que houve uma caça bastante intensa dos humanos quando foi revelado a existência dos homens-feras, tanto que existem organizações anti-homens-feras que estão sempre tentando destruir-los. Por isso também a maioria dos homens-feras odeiam os humanos.

Falando sobre os nossos protagonistas, Michiru é uma adolescente espontânea, bastante determinada, corajosa, independente, sincera e também inteligente nos argumentos dela. Ela tem uma personalidade forte, e sempre bate de frente com o Shirou. Ela é uma humana que virou uma Tanuki, e vai a Animal City em busca de uma cura. Ao longo dos episódios vai se apresentando os poderes dela, e como ela tenta controlar e manipular. Ela vive se metendo nos principais problemas da cidade, e provavelmente vai se tornar assistente do Shirou.

Shirou é um lobo sério, racional, com uma personalidade e um senso de justiça muito forte, tendo como objetivo de vida proteger a paz dos homens-feras, e odeia intensamente os humanos. Ele tem um corpo extremamente resistente (quase imortal), é muito forte e ágil, sabe lutar muito bem e o olfato dele é COMPLETAMENTE INSANO: Ele consegue “ver” e montar situações passadas de uma pessoa ou ambiente num cheiro, além de ter um alcance monstruoso, localizando com facilidade qualquer pessoa ou objeto que ele procura (Resumindo, Badass elevado ao infinito).

Devido a todas essas habilidades, ele é bastante requisitado para resolver os problemas da cidade, além de ser bastante respeitado na cidade, tanto pelos poderosos quanto pelos bandidos. Ele é uma fusão de Justiceiro e Investigador, na minha opinião. Eu diria que ele é um dos poderes que controla a cidade, de forma inconsciente.

Um dos grandes mistérios da série é como a Michiru virou uma mulher-fera tem a ver com a Farmacêutica Sylvasta (Onde tem uma grande Farmacêutica, tem sempre um grande problema), que é responsável pela saúde e pesquisa dos homens-feras. Até onde eu assisti, parece que o Presidente dessa empresa será o principal vilão do anime, mas é esperar mais episódios para ver os planos dele. Nada impede outros vilões de aparecerem no anime, só acompanhando pra ver.

Os traços do anime é bem cartunesco, o que pode ser um pouco estranho no começo para se acostumar. A história é de fácil entendimento, é empolgante e divertida, contem alguns mistérios e tem uma pitada de drama. A animação é muito boa e bem fluida, principalmente nas cenas de luta. Eu gostei bastante da direção, pois seguem uma linha lógica e sem quebrar a história, dando destaque nos pontos certos, além dos “closers” serem bastante bonitos, e utilizarem cores bastante vivas que contrasta de forma harmônica com as cores mais fechadas.

Eu sempre tenho um certo receio de animes originais, mas estou gostando bastante desse. Espero não me decepcionar (oremos, irmãos). E vocês, darão uma chance a essa anime?

Beijinhos e até a próxima o/

Simone Haru

Simone Haru

Hellou! Sou Simone, idade acima dos 18 anos, moradora da cidade das Mangueiras e do Círio de Nazaré, Leitora e Otaku desde que me lembro. Atualmente amo romances de época, policial e romance dark, além de mangás e novels asiáticas, mas tenho a mentalidade de que se for interessante para mim, eu leio. Amo assistir animes, e gosto de ver doramas, séries e filmes de vez em quando.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Arquivos