Kdrama: W – Two Words – Dois mundos

Kdrama: W – Two Words – Dois mundos

Título: W – Two Worlds

Título Br: W – Dois mundos

Lançamento: 2016

Duração: 60 min

Gênero: Comédia Romântica

Direção: Jung Dae-yoon

Elenco: Lee Jong-suk e Han Hyo-joo

País: Coreia do Sul

Nota: 4/5

Sinopse: É possível viver no mesmo lugar, no mesmo período de tempo, mas em uma dimensão completamente diferente? Oh Yeon Joo (Han Hyo-Joo) é uma residente de cirurgia cardiotorácica do segundo ano. Seu pai, um famoso artista dos quadrinhos, desaparece subitamente um dia e, logo depois, a própria Yeon Joo é sequestrada por um homem estranho, coberto de sangue, e levada para outra dimensão. Kang Chul (Lee Jong Suk) é um medalhista de ouro olímpico em tiro esportivo e um empreendedor milionário. Como será que seu mundo se interligará com a outra dimensão de Yeon Joo? Será Kang Chul a única pessoa que poderá ajudar Yeon Joo a escapar do universo paralelo? 

Para começar tenho que dizer: quem nunca sonhou em ter um relacionamento com aquele personagem incrível, romântico, bonito e inteligente do livro que ama/amou? Acho eu, que muitas e muitos tiveram esse breve momento de reflexão olhando para a parede ou para as páginas do livro. Então queridos dorameiros e não dorameiros, W, conta a história de uma residente em medicina, filha de um cartunista famoso. Ela após um longo dia de trabalho, recebeu a notícia dos designers de seu pai que ele havia desaparecido. Desesperada, Oh Yeon Joo, vai até o escritório do seu progenitor, porém, algo totalmente estranho acontece com ela. Num momento Yeon Joo se encontrava no escritório do cartunista e no outro, no terraço de um prédio, segurada por um mão ensanguentada que aparentemente a puxou para ali.

Sim, Yeon Joo vai parar dentro do Cartoon ou Manhwa, onde Kang Chul um ex-esportista e medalhista de ouro de tiro esportivo com um passado traumático, vive como um empreendedor milionário sem nem ter ideia de que sua vida é uma mentira e que na verdade ele é somente um personagem principal criado por um escritor e desenhista quase lunático.

W – Entre dois mundos aparenta ser algo bem raso, um dorama em que simplesmente é criada uma dimensão que a protagonista vai e se perde ali, e felizmente se apaixonada pelo mocinho da história. Não leitores, W tem muita ação, plots, drama, momentos cômicos, românticos e fofinhos. É complicado falar muito sobre ele sem dar spoiler, essa é a grande verdade. Alguns até não curtem muito este dorama porque ele pode parecer um pouco confuso, mas a realidade é que muitas vezes, ele prefere não explicar e te faz deduzir até o ápice.

Yeon Joo, a protagonista, é muito engraçada e inteligente ao ponto de criar grande teorias em sua cabeça o que fazem-a tomar decisões precipitadas. Já Kang Chul, é galanteador, decidido e confiante. E todas essas características dos dois transformam-os num par perfeito cheio de uma química impressionante.

E vamos falar dos coadjuvantes. De uma lado temos os amigos e colegas de trabalho de Yeon Joo, engraçados também e com algumas tarefas importantes durante a trama. O grande destaque vai para aquele que a chama de Noona (irmã, em coreano) e que é muito atrapalhando com seu jeitinho.

O k-drama tem um bom andamento repleto de momentos de euforia e de descanso emocional para os espectadores. Para quem deseja emoção, ele é uma boa escolha.

Então, um bom dorama a todos!

Julia Paranhos

Julia Paranhos

Sou uma estudante de jornalismo completamente apaixonada por livros em especial de romance e aventura. Adoro assistir filmes, séries e doramas. Faço resenhas destes tópicos no Blog e estou extremamente feliz por fazer algo que tanto amo que é escrever.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Categorias

Arquivos