[Novidades] “Orgulho e Preconceito” – Jane Austen, virou HQ @editoranemo

Para os fã de Autora Jane Austen a Editora Nemo lançou no dia 28 de janeiro uma edição super especial em quadrinhos do Romance mais queridos da autora.
Orgulho e Preconceito ganhou sua versão em quadrinhos, o autor do livro é Ian Edginton, o ilustrador Robert Deas e a tradução foi feita por Fernando Variani e Gregório Bert.
O romance da escritora britânica foi publicado pela primeira vez em 1813, desde então, o livro virou um sucesso mundial, teve adaptações cinematográficas e releituras, 
como Orgulho e Preconceito e Zumbis, que também está sendo adaptado para os cinemas.

“É uma verdade universalmente reconhecida que um homem solteiro, de posse de boa fortuna, deve estar atrás de uma esposa.”Elizabeth e suas quatro irmãs estão impossibilitadas de herdar a propriedade de seu velho pai e enfrentam a ameaça do despejo. As irmãs devem garantir sua segurança financeira por meio do casamento, mas nossa heroína tem outros planos. Ela fez votos de se casar somente por amor. Seu olhar acaba capturado pelo distinto Sr. Darcy, mas quem irá salvar os Bennets? Elizabeth deve se casar por amor ou deve salvar sua família?Jane Austen se referia a Orgulho e preconceito (1813), o primeiro romance que escreveu, como seu “filho querido” – e gerações de leitores lhe têm dado um cantinho em seus corações desde então. A atração irresistível que ela retrata, entre a vivaz e independente Elizabeth Bennet e o austero e solene Sr. Darcy, se insere entre as maiores, mais românticas e mais engraçadas histórias de amor já contadas.


E vocês podem adquirir o exemplar aqui.

Mazinha

Mazinha

Sou Mazinha, minha idade não importa, né? A alma é eterna KKKKK' Moro em uma cidadezinha inexistente no mapa, sou viciada em Crepúsculo e todas as fanfics baseada nele, o que não quer dizer que a SM seja a minha autora da vida. Amo Romances e tenho me aventurado nos thrillers e segundo a Dani Fernandes eu adoro romance hot, só que nunca confirmei isso! Comecei a ler com 10 anos (vocês que lutem para fazer cálculos, eu sou de humanas).

Leia também

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Categorias

Editora Parceira

Aliança de Blogueiros

Arquivo