Resenha #138 Por Lugares Incríveis – Jennifer Niven @editoraseguinte

Título: Por Lugares Incríveis
Autor (a): Jennifer Niven
Lançamento: 2015
Estante: Skoob
Páginas: 336
Editora: Seguinte
Literatura: Estrangeira
Gênero: Ficção, Young Adult,
Romance  
Estrelas: 5/5

Sinopse: Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet
se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o
esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos
períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família.
Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.

 
**ML**
 
Este livro foi cedido pela Aliança de Blogueiros do Rio de Janeiro.
 
Por Lugares Incríveis é de longe um livro que te arrebata logo no início, é preciso ter calma e deixar que a leitura flua para que sua atenção seja totalmente presa na trama.
 
Vamos embarcar na história de Finch e Violet, os dois com problemas pessoais e dilemas internos, acabam se encontrando não convencionalmente na torre da escola que estudam e tudo indica que eles queriam se suicidar.
 
Os dois acabam se salvando e o destino, posso dizer assim, se encarrega de deixá-los se aproximarem e construírem um relacionamento que tem duas vértices: ao mesmo tempo que é emocionante é triste.
 
Eles vivem em um grande crescente, Violet se redescobre depois do trauma que passou e acaba voltando a ser a jovem brilhante que sempre foi.
 
Sendo e vivendo como exemplo, os traumas de Violet são muitas vezes incompreendidos, fazendo com que ela se sinta solitária e melancólica na maior parte do tempo.
 
 
Finch tem uma reputação negra, mas tudo é reflexo da depressão que o assola, todas as suas mudanças físicas e emocionais resultam na rebeldia com a qual ele é
conhecido. Infelizmente seu jeito exótico não deixa que o lado apaixonado flua.
 
Todas essas emoções são um grande “tabu” para nossos jovens, quase entrando
na vida adulta. E mesmo que familiares, amigos e até mesmo os médicos, nesse
caso terapeutas e psicólogos, tentem, eles não conseguem ajudar. Mas depois que
Finch e Violet passam a se abrir um com o outro e viver experiências juntos, a
vida melhora…
 
Eu não sei o quanto posso resumir esse livro sem spoilers, mas garanto a vocês que não tem clichê em nada no livro.
 
Pelo contrário, os assuntos, as situações que o livro traz à tona, faz com que nós
leitores sejamos reflexivos em muitos aspectos. Por exemplo, olhar ao lado e
ver/enxergar com outros olhos nossos amigos próximos e seu dia a dia.
 
Fazia tempo que eu não me sentia tão ligada a um livro. E que o mesmo não trazia
tantos “e se” aos meus pensamentos.
 
Deixo claro que a autora elaborou muito bem as emoções escritas, não é tão pesado no drama e nem tão bobo, cheio de cenas engraçadas. Por Lugares Incríveis é um livro impressionante e emocionante. 
 
 
Transtorno Bipolar, depressão, tendência suicida, são trazidas por Jennifer Niven
minuciosamente nesse livro, em muitos momentos durante a leitura eu me vi
envolta na atmosfera emocional da trama.
 
Quanto a Editora Seguinte e a diagramação eu só posso elogiar o carinho de traduzirem e dizer muito obrigada pela capa que diz tudo sobre a história. Já a Jennifer Niven parabenizo por aflorar tantas coisas, tantos sentimentos com esse livro. Minha nota não poderia ser menor que 5 estrelas, só não o favoritei por querer um final diferente, mas que não interferiu no meu apresso pela leitura.
 
Espero que vocês que ainda não leram esse livro, façam a leitura o quanto antes e me deixem saber a opinião de vocês.
Beeeijos 
See ya!
Mazinha

Mazinha

Sou Mazinha, minha idade não importa, né? A alma é eterna KKKKK' Moro em uma cidadezinha inexistente no mapa, sou viciada em Crepúsculo e todas as fanfics baseada nele, o que não quer dizer que a SM seja a minha autora da vida. Amo Romances e tenho me aventurado nos thrillers e segundo a Dani Fernandes eu adoro romance hot, só que nunca confirmei isso! Comecei a ler com 10 anos (vocês que lutem para fazer cálculos, eu sou de humanas).

Leia também

16 Comments

  • Aline M. Oliveira

    Oi! Com certeza, com a sua resenha, é possível perceber o quanto esse livro é bonito. O titulo e a capa já criam uma curiosidade, aumentando a vontade de saber como é narrado essa história, com personagens jovens, mais carregados de sofrimento. Já li outros tipo de história, como essa, e foi uma ótima experiencia, pois passam lições de vidas maravilhosas e muito importante para que compreendêssemos pessoas que passam por esse tipo de coisa. Espero poder ler!

    Bjoxx ~ http://www.stalker-literaria.com

  • Camila

    Já faz um bom tempo que tenho esse livro na estante – e autografado ainda por cima -, mas nunca tive a chance de fazer a leitura! É uma vergonha!! Já li outro livro da autora e adorei sua escrita! Pela sua resenha já pude perceber que vou me emocionar bastante com essa trama…
    Beijos
    Camis – blog Leitora Compulsiva

  • Gabrielly Marques

    Oláa, tudo bem? Gostei da resenha! Eu li esse livro já faz um tempinho e lembro que minha experiência não foi das melhores por não ter gostado da forma como a autora abordou a bipolaridade e a depressão… Mas não posso negar que é mesmo um livro forte com cenas emocionantes.

    Beijos!

  • Book Obsession

    Olá!
    Esse livro é lindo e traz assuntos importantes de forma bem delicada.
    Quero muito ler outras obras dessa autora. Sou fã dessa pegada mais dramática e esse é um dos meus queridinhos.
    Beijos!

    Camila de Moraes

  • Luna

    Preocupada com o que você disse de não ter favoritado por querer um final diferente. Me deu medo de ler.kkkkkkkk…

    Eu costumo pensar muito no quanto os outros são responsáveis pelo suicídio de tantas pessoas, sobretudo aquelas mais próximas deles. É muito fácil responsabilizar apenas quem tirou a própria vida. Sabe o que eu penso? Que muitas pessoas que cometeram suicídio na verdade foram assassinadas. Nem sempre é necessário utilizar as próprias mãos para matar alguém. Familiares, supostos amigos, "companheiros" podem fazer um excelente trabalho destruindo quem dizem amar. Mas as pessoas não gostam de encarar a realidade. Preferem se isentar de culpa. Todavia, toda vez que eu vejo a notícia de que alguém tirou a própria vida penso no que há por trás disso… se alguém não a levou a esse ponto.

    Não sei se leria essa história. Tenho medo do final. Mas a sinopse e sua resenha fizeram eu me interessar muito pelo livro.

    Bjs!

  • Lucy

    Olá!
    Uma amiga minha leu esse livro e gostou bastante, embora não tenha curtido tanto o final. Eu tenho curiosidade sobre ele, mas não é uma coisa arrebatadora. A sua resenha meio que ajudou a me incentivar a lê-lo logo. rsrs
    Bjs
    Lucy – Por essas páginas

  • Bruna Costabeber

    Olá!
    Fico muito contente que esse livro tenha te agradado tanto assim. Eu comecei a ler esse livro logo que foi lançado e estava no maior hype e não consegui me prender a esses personagens de jeito nenhum, então, sinto que o problema é comigo, mas, não tenho dúvidas, que o livro tem uma temática interessante, importante e que precisa ser discutida.
    Adorei sua resenha e acho que vou dar uma nova chance a essa história.
    Beijos

  • Entre Livros e Amores

    Olá ♥
    Eu não vejo a hora de ler esse livro, mas é um livro com um tema delicado no qual tenho certeza que me deixara com uma enorme ressaca literária. Vejo muitas pessoas falando super bem da autora e do enredo proposto e não duvido disso. Acho a premissa maravilhosa e que em breve quero poder fazer a leitura.
    Amei sua resenha, beijos!

  • Ivi Campos

    Este livor me deixou no chão e ao ler a sua resenha, vários sentimentos tristes me vieram ao coração porque realmente eu torci o tempo todo pelo Finch e acreditei em um final feliz. Foi um dos livros que mais chorei na vida e que não teria coragem em reler, mas ainda assim, sempre recomendo.
    beijos

  • Livros Encantos

    Ola lindona esse livro está em minha lista de leituras faz tempo, li muitos elogios a escrita e a forma como o enredo envolve o leitor. Após sua resenha terei que furar fila e ler logo. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Categorias

Editora Parceira

Aliança de Blogueiros

Arquivo