[Resenha #25]: Eu Mereço Ser a Única, série A Cidade que Nunca Dorme @annacms_autora @Chiado_Editora

Título:  Eu Mereço Ser a Única, série A
Cidade que Nunca Dorme
Autor (a): Anna CMS
Lançamento: 2016
Estante: Skoob
Editora: Chiado
Páginas:  180 (aproximadamente)
Literatura: Nacional
Gênero: Ficção, Romance
Estrelas: 4/5

Comprar: Chiado Editora,
Livraria EasyBooks e Livraria
Travessa



Sinopse: Devan Flynt e Viviene
Charpentier estavam, absolutamente, apaixonados. Trocavam juras sinceras de um
amor, que sem dúvida, seria para sempre. Porém, ele terminou tudo com ela, por
telefone, sem dar qualquer explicação, desmanchando o noivado e cortando-a
repentinamente de sua vida; para casar-se um mês depois com Savannah
Melbrooke. 
Devan era um dos herdeiros de um grupo de empresas, sua paixão, no
entanto, era a Arquitetura, e aos trinta anos, construiu um casamento sólido,
com sua amiga de infância, enquanto aguardava a chegada do bebê. 
Viv, uma jovem jornalista, que encontrou amparo e consolo na depressão,
entre suas fiéis amigas; mas jamais conseguiu reconstruir sua vida. Sete meses
depois é chegado o momento de reunir forças e enfrentá-lo para cobrar uma
explicação e deixá-lo saber do estrago feito em sua vida; antes de enterrar de
vez essa história em seu passado, e dar uma chance ao jovem Collin Andrews.

Oi gente, tudo bem? Eu demoro
para vir postar resenhas e depois que as escrevo, vejo como estava com
saudades. Essa semana eu comentei no twitter que seria muita responsabilidade
falar sobre esse livro. A Anna é nossa parceira e não é por ter medo desse
fato, mas a gente tende a dar spoilers mesmo sem querer das estórias. Imaginem
o quão difícil é quando o livro te surpreende?

           Enfim, quero antes dizer a vocês
sobre a Anna. Bom, se vocês já acompanham o blog, sabem que a Anna CMS é nossa
parceira, pois ela já nos presenteou com incríveis resenhas que já postamos
aqui no blog. A Anna que tem seu perfil no Wattpad e escreve estórias muito,
mais muito boas, realizou o sonho de ter seu primeiro livro publicado pela
Chiado Editora, e nosso blog é um dos primeiros a resenhar o sonho em formato
físico da Anna.
  Vamos comigo?

Em Eu Mereço ser a Única, livro que faz
parte de uma série chamada “A Cidade que
Nunca Dorme”,
vamos conhecer a estória de amor um tanto quanto
conturbada de Viviene Charpentier e Devan Flynt. Até aqui tudo pode parecer um pouco normal, estória de
amor, drama e essas coisas. Porém, preciso alertar vocês para que cheguem com o
coração aberto nessa leitura.
Viv, uma jornalista,
podemos dizer que bem-sucedida e Devan um arquiteto renomado, que construiu sua
vida por si próprio apesar de ser herdeiro de uma rede de empresas. Eles se
conheceram quando Viv vai entrevista-lo e a química é instantânea entre os
dois. Logo os dois atam uma paixão abrasadora e leva-os a se envolverem como
almas gêmeas.
Apenas 3 meses de
relacionamento são o bastante para que Devan saiba que Viv é o amor da sua vida
e ele se compromete com ela. Isso tudo, mesmo parecendo irreal é como eles se
sentem um pelo outro, a distância física entre os dois, mesmo que somente por
um dia de trabalho, causam-lhes dor física.

Viviene… eu
juro que vou amá-la até meu último segundo de vida.

Mas as coisas não
ocorreram como eles imaginavam e no final de semana em que Devan iria comunicar
a sua família sobre seu noivado com Viv, ele se ver cedendo a pressão de seu
pai a uma chantagem de um dos sócios de empresa de sua família. Triste, não é?
Devan então toma uma
atitude que acaba com seu relacionamento com Viv, além de colocá-la em uma
depressão profunda, o que ele só vem saber meses depois, quando enfim é
confrontado por Viv. Durante sete meses, Viv viveu uma vida obscura, remoendo a
ideia de não ser boa o bastante para Devan que pouco tempo depois de terminar
com ela, se casou com Savannah Melbrooke. 

            As coisas entre eles se aquece
novamente, e em um encontro marcado as escondidas, Devan conta todo o ocorrido
para Viv na esperança de que ela o entendesse, perdoasse e aceitasse toda a
situação que o levou a terminar com ela de uma forma tão fria. Só que ele não
contava que Viv cobrasse dele um ponto final no relacionamento – amigável – com
Savannah, para que reatassem o deles.





Isso desencadeou várias
situações, de uma forma bem infantil e cruel uma ‘colega de trabalho’ de Viv
colocou na mídia toda história da chantagem, Savannah tomou uma atitude sobre
seu casamento com Devan – que nada mais era do que amigável, em uma maneira de
salvar o casamento da própria irmã…

Vou parar por aqui, para não dar spoilers mesmo que sem querer, mas garanto a vocês que MUITA coisa emocionante ainda acontece e vocês irão amar e odiar muita gente. Espero ter conseguido expressar o que senti lendo e que vocês se sintam tão incitados quanto eu fiquei.
Quanto à escrita da Anna, não
posso nem começar a descrever o quão magnifica foi e dizer que eu estou além de
ansiosa para ler a continuação dessa série. Minha nota foi 4 de 5 estrelas,
apenas por querer ler, tipo AGORA rs, a continuação. Além de claro, me sentir
honrada por ter lido essa obra e agradecer pelo carinho.
“Anna
você merece muito mais que sucesso, e eu tenho nítida certeza que seu livro irá
brilhar. Obrigada!”

É isso gente, vejo vocês em
breve, prometo não demorar a escrever minhas resenhas, e venham me dizer
o que acharam da resenha.

Até
breve, beijos.

Mazinha

Mazinha

Sou Mazinha, minha idade não importa, né? A alma é eterna KKKKK’ Moro em uma cidadezinha inexistente no mapa, sou viciada em Crepúsculo e todas as fanfics baseada nele, o que não quer dizer que a SM seja a minha autora da vida. Amo Romances e tenho me aventurado nos thrillers e segundo a Dani Fernandes eu adoro romance hot, só que nunca confirmei isso! Comecei a ler com 10 anos (vocês que lutem para fazer cálculos, eu sou de humanas).

Leia também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Categorias

Arquivos