Resenha #281 Não se apaixone por mim – L.C. Almeida


Título: Não se apaixone por mim
Autora: L.C. Almeida
Lançamento: 2018
Estante: Skoob
Páginas: 282
Editora: Amazon
Comprar: Amazon
Literatura: Nacional
Gênero: Romance
Estrelas:  5/5

Zoe Saint é uma professora de literatura decidida a mudar de vida. O primeiro passo? Contratar o lindo e tatuado Mash White, seu amor platônico do Instagram, como personal trainer.
Depois de conhecer um pouco sobre sua nova cliente, Mash assume também o desafio de ajudá-la a deixar de ser um desastre social e se transformar numa mulher segura e confiante. A única coisa que pede em troca é que Zoe não se apaixone por ele.
Entre os conteúdos previstos para as aulas estão: vencer a timidez indo a um show de rock e conhecer os membros da Black Road, banda mais famosa do mundo, sair em um encontro às cegas com um ganhador do Pulitzer e, por que não, passar por uma transformação completa?!
Mas Mash tem seus próprios problemas, com sua família, sua aparência e um grave caso de coração partido para superar. Ao longo desse mês juntos, eles vão descobrindo mais sobre o outro e uma forte conexão nasce ali, entre flexões, xícaras de café, agachamentos e lasanhas.
“Não se apaixone por mim”.
Qual dos dois se arrependerá dessa promessa primeiro…
Quem a fez? Ou quem a exigiu?

Fonte: Skoob

Quer aquele romance leve, engraçado, com uma química maravilhosa e citações de livros? Então, acabou de encontrar.

Sério, como não se apaixonar pela Zoe? Ela é muito engraçada, leal, determinada,companheira, leitora (super me identifiquei). Ela quer ser uma pessoa melhor, e para isso decide entrar em forma com o crush dela do instagram. O desenvolvimento da auto-estima e confiança dela ao longo do livro é tão bom de acompanhar. Acredito que possa ser um incentivo para os leitores.

Sabe onde encontrar um homem bonito, tatuado, sarado, divertido, cavalheiro, que sabe cozinhar, gosta de ler, e te dá todos os pedaços de lasanha? No nosso protagonista, Mash .
Me diz, como não se apaixonar por um homem assim? Os pensamentos da Zoe sobre o Mash era os que eu também teria.

Mash, apesar de ser um homem incrível, tem um sentimento de inferioridade. O porque disso é o que dá todo o sentido do livro. Isso me fez refletir, pois quantas pessoas você admira ou acha perfeita, sem saber dos problemas, medos, inseguranças que ele (a) tem?

Zoe e Mash tem muita química entre eles, mas também tem bastante conversa. É muito gostoso ver eles se divertindo, discutindo, incentivando um ao outro, além de haver respeito entre eles.

Além disso, temos as famílias dos protagonistas. De um lado uma família italiana super amorosa e unida (o que rendeu várias cenas de vergonha alheia) da Zoe, do outro a família mais reservada e restrita do Mash. Isso dá uma profundidade maior aos personagens.

Isso fora a Banda Black Road, na qual a Zoe é MUITO FÃ e o Mash é muito amigo. Os membros e suas esposas são ótimos personagens, dando humor e laços de amizade e lealdade para a história.

Eu adorei ler esse livro. Foi super gostoso e viciante de ler. Eu só consegui parar de ler quando eu finalizei o livro. Pretendo ler mais livros da autora. Indico para você, que quer ler um romance leve e gostoso, porém completamente viciante.

Simone

Simone

Sou Simone, 28 anos, Fisioterapeuta, Leitora e Otaku desde criancinha. Adoro ler romances de época, policial e dark, mas também leio outros gêneros. Sou apaixonada por light novels, livros, mangás e animes.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Categorias

Editora Parceira

Aliança de Blogueiros

Arquivo