Resenha #350 As Duas Versões de Nós Dois – Júlio Hermann @FaroEditorial

Resenha #350 As Duas Versões de Nós Dois – Júlio Hermann @FaroEditorial






Título: As duas versões de nós dois: O amor pode ser uma surpresa
Autor (a): Júlio Hermann
Lançamento: 2020
Estante: Skoob
Páginas: 176
Editora: Faro Editorial
Comprar: Amazon
Literatura: Nacional
Gênero: Romance, Ficção
Estrelas: 4,5/5

Algumas vezes o que você precisa pode estar perto demais… Ainda amargando uma dor de cotovelo pelo término de um relacionamento, Daniel se divide entre o trabalho como publicitário e a amizade com Olívia, uma garota tão azarada quanto ele no amor. Toda semana, eles se encontram para um papo em um bar: Olívia conta os problemas que tem com seus namorados complicados e Daniel debocha divertidamente. No fundo, sabe que sente algo pela amiga desde o dia em que se conheceram, dois anos antes. Tudo corre às mil maravilhas até que o destino resolve pregar uma peça em Daniel: Ulisses, seu melhor amigo e colega de trabalho, para manter o emprego, faz com que Daniel seja demitido e, com isso, perca a chance que sempre sonhou ― um Leão de ouro em Cannes, o maior prêmio da publicidade. Do outro lado, Beatriz, mãe de Olívia, descobre que tem câncer, o que faz com que sua amiga fique mais distante. Traído no trabalho, Daniel se vê sem nada: sem o ombro da amiga, sem emprego e sem perspectiva ― até a chegada de Ananda, que parece surgir como uma luz no fim do túnel, e uma notícia que soa como reviravolta. Mas o que levou Daniel até esse ponto? Que escolhas e ideias ele se sustenta para enxergar sempre entre tudo ou nada? Uma história sobre eventos e escolhas e o que fazer de sua vida dali para frente. Tentar resgatar o passado ou deixa-lo lá, aproveitando apenas o aprendizado.


Resenha feita em parceria com a editora. ♥️

Eu tenho todos os livros do Júlio porém, dos três lançados, eu só li dois e posso dizer que As duas versões de nós dois é o mais emocionante.

Nessa história nós vamos embarcar junto com Daniel e Olívia. O interessante disso tudo é que o nosso casal de protagonistas não são um casal romântico, quero dizer, não são um casal pela parte da Olívia.

“Queria o poder de consertar os erros do passado para poder abrir os olhos novamente e perceber que tudo havia mudado.”

Daniel é um publicitário que se apaixonou à primeira vista por uma desconhecida, em uma festa em que eles não tinham nada a ver com o ambiente.

Consequentemente, uma carona virou uma noite para o mandada, porém, Daniel não se lembra muito do que aconteceu naquela noite. E por mais que se sentisse atraído por Olívia, ele preferiu levar a relação como uma amizade. No entanto, era ou é exatamente isso que acaba por desandar a amizade dos dois.

Olívia vive romances altos e baixos, ela sempre está em busca de relacionamentos, mas nunca fica satisfeita com os que encontra evidencia. Seu jeito de agir e de sempre jogar algumas indiretas ao seu melhor amigo acaba por estourar a bolha deles e eles são obrigados a se afastarem.

“Como a gente podia ter se perdido tanto, mesmo estando tão perto? Como errou na dança e se perdeu, estando no mesmo lugar?”

Quando isso acontece vem acompanhado de várias coisas e acontecimentos na vida dos dois. Um sofre por um drama profissional e de mau-caratismo e o outro sofre por uma perda iminente. Claro que o destino prepara algumas surpresas para Daniel, o que acaba colocando seus sentimentos por Olívia em dúvida.

E é aí que os dois realmente descobrem o que sentem um pelo outro e a grandeza desses sentimentos, além, é claro, de terem que enfrentar os fantasmas guardados dentro dos armários da amizade deles, do relacionamento deles.

***ML***

Eu acho que já falei demais sobre a história, mas se você for olhar mais a fundo em um livro de apenas 176 páginas, verá que o número de páginas não condiz com o tanto de história que ele tem para contar.

“Você só vai conseguir dar um jeito nesse caos que tomou conta da sua vida quando resolver o que deve perdoar e pelo que deve pedir perdão.”

Como eu disse, esse não é o primeiro livro que eu leio do Júlio, porém é o seu primeiro romance. E posso garantir que ele escreveu uma história com maestria, envolvente e emocionante na medida certa.

As Duas Versões de Nós Dois é um livro cheio de significados, excelente para quem está buscando motivos para conhecer-se e buscar novos propósitos para si mesmo. A história possui em cada início de capítulo uma referência musical maravilhosa e que conduz a leitura de uma forma emocionante.

Júlio, parabéns pela história e continue se aventurando no mundo dos romances, você mandou muito bem.
Aos amantes de livros com ilustrações, toda diagramação da Faro nessa obra está maravilhosa eu me apaixonei e fiquei encantada a cada página.

“Ninguém é obrigado a nada, a gente fica com os outros pelo sentimento que a gente tem, nada mais. Quero dizer, deveria ser assim.”

Ah, claro que recomendo o livro principalmente porquê em uma das situações vividas por Daniel, vêm o alerta para que possamos ver em quem devemos confiar.

Minha nota foi 4,5 estrelas, me deparei em alguns momentos achando que o protagonista estava fazendo drama demais.

Porém, tudo faz parte da premissa e do clímax da história. Vocês com certeza devem conferir essa leitura e principalmente prestigiar mais um autor nacional de sucesso.

Mazinha

Mazinha

Sou Mazinha, minha idade não importa, né? A alma é eterna KKKKK’ Moro em uma cidadezinha inexistente no mapa, sou viciada em Crepúsculo e todas as fanfics baseada nele, o que não quer dizer que a SM seja a minha autora da vida. Amo Romances e tenho me aventurado nos thrillers e segundo a Dani Fernandes eu adoro romance hot, só que nunca confirmei isso! Comecei a ler com 10 anos (vocês que lutem para fazer cálculos, eu sou de humanas).

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Agenda

janeiro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Parceiros