Resenha #364 Vambizomem: Mordidas na Escola – Stevens Banks e Mark Fearing @faroeditorial

Resenha #364  Vambizomem: Mordidas na Escola – Stevens Banks e Mark Fearing @faroeditorial






Título: Modidas na Escola (Vambizomem #1)
Autor: Stevens Banks e Mark Fearing
Lançamento: 2021
Estante: Skoob
Páginas: 295
Editora: Milk Shakespeare
Comprar: Amazon
Literatura: Internacional
Gênero: Infanto-juvenil
Estrelas: 4/5

Do autor de Bob Esponja, uma nova série para gargalhar e se arrepiar! A maior preocupação de Tom era ser popular na escola… isso até se transformar em um VAMBIZOMEM. Isso mesmo. VAM-BI-ZOMEM! Uma mistura improvável de vampiro, zumbi e lobisomem! Quais as chances de isso acontecer? Três mordidas em menos de 24 horas? Tom não é exatamente a pessoa mais sortuda da Terra, então, uma série de eventos (e mordidas) o transformou nessa ameaça tripla. Tudo aconteceu no segundo pior momento do ano ― o último dia das férias, quando ele iria começar o ensino médio. Então havia muitas razões para ele estar empolgado, mas várias outras que o APAVORAVAM.

**Livro cedido em parceria com a editora**

Mordidas na Escola é o primeiro volume da série Vam Bi Zomem, nova série infanto-juvenil lançada pela Milk Shakespeare, selo geek da Faro Editorial . Nessa série iremos acompanhar Tom, um adolescente de 11 anos que, durante o último dia de férias na casa de sua avó, é mordido três vezes. Cada uma dessas mordidas foi causada por uma criatura diferente. A primeira foi um vampiro, logo cedo durante a madruga enquanto ele dormia, a segunda foi um lobisomem, que o mordeu enquanto ele caminhava pela floresta, e a última foi um zumbi, que o mordeu durante uma parada num posto de gasolina.

A vida de Tom não poderia ser pior do que isso, ou foi o que ele pensou, mas o ensino médio lhe provou que as coisas pode sim piorar e que nem sempre é legal ser diferente. Agora ele precisa lidar com o fato de ser três criaturas sobrenaturais ao mesmo tempo e, de quebra, começar o ensino médio.

A vida é muito curta para ser normal. Seja estranho.

Esse é um livro que aborda as diferenças. Diferenças entre raças, entre jeitos e principalmente a diferença em como você trata o próximo. Na obra vemos como Tom trata pessoas que são diferentes dele e como ele mesmo é tratado por ser diferente. A evolução que o protagonista tem desde o início, quando ele foge do Abel que vai para à escola de terno, até o momento em que ele defende o Abel.

O Abel inclusive foi um personagem que eu adorei, achei maravilhoso ver como ele não se importava com o que as pessoas falavam ou achavam dele, sem contar que ele sempre surpreendia com alguma coisa. Ele me pareceu estar envolvido ou saber sobre algo do que aconteceu com o Tom e estou ansiosa pelos próximos livros para saber como o autor vai abordar isso e desenvolver mais esse personagem. Outro personagem que me agradou bastante foi o Zeke, que percebemos desde o início que ele é meio bobão e infantil, mas um amigo leal. Foi incrível ver a amizade de Zeke e Tom, que se conhecem desde pequenos.

Já a irmã do Tom foi uma personagem irritante do começo ao fim. Ela, antes de saber sobre o que aconteceu com o irmão, passa o tempo inteiro irritando e mentindo para ele e depois que descobre o que aconteceu ela quer sempre ser o centro das atenções, não demonstra o mínimo de empatia por ele e tenta a todo custo ferrar ele. Eu espero os próximos volumes para ver como o autor vai abordar essa relação deles, se ela vai, de algum jeito, ajudar ou ferrar mais o irmão.

Mas o ponto alto do livro, para mim, foi ver como a família do Tom lidou com tudo (exceto a irmã dele). Como os pais dele e a avó lidaram com toda adversidade do menino e como incentivaram ele a melhorar cada vez mais. Foi muito lindo ver isso.

A Faro fez um trabalho excelente na diagramação do livro e o projeto gráfico está impecável. A obra vem com algumas ilustrações que ajudam o leitor a imergir mais ainda na história e dão um charme a mais em toda edição.

Mordidas na Escola é um livro que aborda a diferença e a aceitação dela. Que mostra que, no fundo, todo mundo é diferente e tá tudo bem isso. Ótimo para os jovens que estão começando o ensino médio e que estão meio perdidos ainda. E ótimo também para os adultos, meio perdidos ou não.

Beijos e até a próxima!

Bell

Bell

Sou Bell Paula, tenho 28 anos e sou Bacharel em química e estudante de Tecnologia de Processos Químicos. A leitura está presente na minha vida desde criança, quando meus pais compravam para mim os gibis da Turma da Mônica, isso com meus 8 anos. Apaixonada por série que ninguém conhece, filmes clichês e músicas estranhas, tenho no manuscrito um lugar para falar das minhas leituras e compartilhar minha paixão. Amo livros de YA, romance e fantasia, mas adoro um bom clichê.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Agenda

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Parceiros