Resenha #365 Alguém para Amar – Mary Balogh @EditoraCharme

Resenha #365 Alguém para Amar – Mary Balogh @EditoraCharme






Título: Alguém para amar – Westcott – Livro 1
Autor: Mary Balogh
Lançamento: 2020
Estante: Skoob
Páginas: 328
Editora: Charme
Comprar: Amazon
Literatura: Internacional
Gênero: Literatura americana, romance de época
Estrelas: 5/5

Sinopse: Humphrey Westcott, o conde de Riverdale, acaba de morrer, deixando uma fortuna e um segredo escandaloso que transformará para sempre a vida de todos em sua família, incluindo a filha que ninguém sabia que ele tinha…

Anna Snow cresceu em um orfanato em Bath, sem nada saber de sua família de origem. Quando descobre que o falecido conde de Riverdale era seu pai, ela herda sua fortuna e também fica muito feliz em saber que tem irmãos. No entanto, eles não aceitam suas tentativas de dividir sua nova riqueza. Só que o guardião do novo conde está interessado em Anna…

Avery Archer, o duque de Netherby, sempre manteve os outros à distância, mas algo o leva a ajudar Anna em sua transição de órfã à dama. Com a sociedade londrina e os parentes recém-descobertos de Anna ameaçando subjugá-la, Avery intervém para resgatá-la, mas se vê vulnerável a sentimentos e desejos que ele havia mantido escondidos muito bem, por muito tempo.


Alguém para Amar é o primeiro volume da serie Westcott, escrito por Mary Balogh.

O livro conta a historia da família Westcott após a morte de Humphrey Westcott, o conde de Riverdale. Conde este que deixou como herdeiros sua esposa e seus três filhos. Sendo eles Camile, Abigail e Harry, o futuro conde de Riverdale.

O duque de Netherby, Avery Archer, ficou responsável por ser guardião de Harry até o mesmo atingir sua maioridade. Coisa que não agrada Avery, já que o mesmo evita tudo o que ele acredita ser tedioso.

[…] o duque de Netherby raramente se esforçava para fazer o que não era essencial ou o que não fosse propício ao seu conforto pessoal.

Anna Snow, uma jovem órfã que trabalha como professora das crianças que residem no orfanato onde cresceu. Certo dia, Anna recebe uma carta informando que deveria ir até Londres para acertar seu futuro. Que, no dia seguinte, uma carruagem seria enviada para conduzi-la.

Chegando em Londres, Anna é encaminhada à uma grande mansão, onde percebe que estava acontecendo uma reunião de nobres da elite Londrina.

Anna Snow fora levada para o orfanato em Bath quando não tinha nem quatro anos. Ela não tinha lembrança real de sua vida antes disso […]

Anna recebe olhares de estranhamento, como se a mesma tivesse entrado na residência errada, mesmo que estivesse no lugar certo. Durante a reunião, o advogado que representava a família Westcott informa que Anna, na verdade é filha e herdeira do falecido conde de Riverdale. A notícia não agradou nem um pouco e família do falecido.

Sua… criatura calculista, ardilosa. Como ousa sentar aqui com gente superior a você? Como se atreve a sequer vir aqui? O duque de Netherby deveria tê-la tocado para fora. Você não passa de uma b-b-bastarda vulgar cruel e caçadora de fortunas.

A única pessoa que demonstra o mínimo de respeito e até curiosidade para com a moça é Avery Archer. A aí, o que acham que vai rolar?

Bem, é muito difícil para mim sintetizar esse livro sem dar spoilers. Eu não esperava nada desse livro. Achei que seria apenas mais um romance de época. Mas longe disso, ao longo de toda leitura eu fui surpreendido com os acontecimentos. Logo nos primeiros quatro capítulos acontecem tantas descobertas que pobre da minha irmã, a cada novidade eu ia correndo contar para ela o que aconteceu. Maravilhado com tudo.

O romance presente acontece de forma tão natural, que eu queria que acontecesse comigo rs. È um romance fofo, no qual nós torcemos fortemente para que eles fiquem juntos e, ao mesmo tempo, damos algumas risadas com o casal.

Que criatura estranha ela era. E ele teve de admitir que estava completamente fascinado por ela.

Minha avaliação foi de cinco estrelas, achei a história linda e divertida. Cheia de segredos que descobrimos junto da protagonista. A leitura flui muito rápido e, algo que é difícil de acontecer, não há nenhum erro ortográfico ou de digitação. Revisão está perfeita!

E você, já leu Alguém para amar? Conhecia a autora? Deixe-me saber.  Se você chegou até aqui, muito obrigado! Até breve!

Crigor Gaspar

Crigor Gaspar

Oi você! Meu nome é Crigor. Sim, por causa do cantor rs. Sou estudante de Biblioteconomia, moro numa cidade litorânea localizada no sul do Rio Grande do Sul e, desde sempre, sou apaixonado por livros. Tenho como sonho e meta de vida incentivar a leitura ao máximo. Então, seja bem-vindo!

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Agenda

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Parceiros