Resenha #393 Persuasão – Jane Austen @EditoraPrincipis

Resenha #393 Persuasão – Jane Austen @EditoraPrincipis






Título: Persuasão
Autor: Jane Austen
Lançamento: 2019
Estante: Skoob
Páginas: 240
Editora: Principis
Comprar: Amazon
Literatura: Estrangeira
Gênero: Literatura inglesa, ficção, literatura clássica
Estrelas: 5/5

Sinopse: Anne Elliott e uma jovem de família renomada que se apaixona por Frederick Wentworth, um humilde funcionário da Marinha. Por conta da posição social do rapaz, Anne é convencida a romper o relacionamento. Após alguns anos, ele retorna a cidade de Bath, agora como um capitão que alcançou respeito e prestígio. A moça percebe que nunca deixou de amar Frederick, porém, agora terá que disputá-lo com Louise Musgrove, sua vizinha e amiga.



Persuasão é um dos romances escritos por Jane Austen publicados após sua morte.

Em Persuasão encontramos Anne Elliott, uma jovem de família abastada que é apaixonada por um jovem integrante da Marinha. Por possuírem posições sociais distintas, Anne é convencida a romper o relacionamento. Acreditando que isso era o melhor a se fazer.

Quase dez anos se passam e Anne, aos seus 28 anos, permanece solteira. Residindo com seu pai e irmã mais velha. Ambos extremamente vaidosos e gastadores. Por esse motivo, a família se encontra a beira da falência. Para tentar manter seu padrão de vida elevado, seu pai decide alugar sua mansão e se mudar para Bath. O que Anne não esperava era que os inquilinos de seu pai seriam a irmã de Wentworth junto de seu marido.

“Ela o havia maltratado, abandonado e desapontado. Pior: demonstrara uma fraqueza de caráter ao fazer tudo isso, algo que o temperamento decidido e confiante dele não podia suportar. Desistira dele para agradar outras pessoas. Cedera a persuasão. Fora fraca e acanhada.”

Agora, Frederick Wentworth é um Capitão da Marinha. Adquiriu prestigio e fortuna com a guerra. De volta a cidade, seu objetivo é casar e se estabelecer assim que encontrar alguém digno. O que não demora a acontecer. Frederick demonstra interesse pela senhorita Musgrove, irmã do marido de sua irmã mais nova. Por estarem no interior, o Capitão e Anne são obrigados a conviver no mesmo círculo de amigos. O que causa um clima estranho entre os dois.

“Nossa! Com todo esse raciocínio, descobriu que, para os sentimentos tenazes, oito anos podem ser pouco mais do que nada.”

Bem, vamos lá. Eu nunca tinha lido nada escrito pela autora. Sempre fugi de clássicos, mas tenho tentado mudar isso. Vou dizer que (estranhamente) eu não criei expectativas sobre essa leitura. Deixei rolar e vem cá, eu amei demais!

Anne é um ser completamente insignificante para seus familiares, mas as pessoas de fora tem adoração por ela. Isso mostra que o problema não está nela, mas sim em sua família. Eu quis muito dar uns sacodes nela por deixar o boy escapar.

A escrita é muito fluida, mas sei que parte desse mérito se deve ao tradutor. Os textos da Principis são muito acessíveis. Eu já tinha sido avisado sobre os finais da Jane. Mulher, vamos detalhar melhor, por favor? Parece eu fazendo as conclusões dos meus trabalhos acadêmicos. hihi

Enfim, o livro é ótimo, só gostaria que fosse um pouco maior. Não houveram muitos momentos de interação entre o casal principal. Será que é assim em todos os livros da autora? Vou ler todos pra descobrir. rs

Minha avaliação foi de 5 estrelas e eu já estou sofrendo por ter terminado. Agora vou me acabar nas adaptações. Você já leu Persuasão? o que achou?  Se você chegou até aqui, muito obrigado! Até breve!

Crigor Gaspar

Crigor Gaspar

Oi você! Meu nome é Crigor. Sim, por causa do cantor rs. Sou estudante de Biblioteconomia, moro numa cidade litorânea localizada no sul do Rio Grande do Sul e, desde sempre, sou apaixonado por livros. Tenho como sonho e meta de vida incentivar a leitura ao máximo. Então, seja bem-vindo!

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Agenda

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Parceiros