Resenha #418 Um tom mais escuro de magia – V. E. Schwab @editorarecord

Bom…o livro em questão, é o primeiro de uma trilogia da autora V.E. Schwb que se chama: “Um tom mais escuro de magia”. E pessoal, o livro é muito bom, vocês precisam lê-lo!
1 Shares
0
0
1
Resenha #418 Um tom mais escuro de magia – V. E. Schwab @editorarecord

Título: Um tom mais escuro de magia (Tons de magia #01)
Autor: V. E. Schwab
Lançamento: 2016
Estante: Skoob
Páginas: 420
Editora: Record
Comprar: Amazon
Literatura: Estrangeira
Gênero: Fantasia
Estrelas: 3.5/5

Sinopse: Kell é um dos últimos Viajantes — magos com uma habilidade rara e cobiçada de viajar entre universos paralelos conectados por uma cidade mágica. Existe a Londres Cinza, suja e enfadonha, sem magia alguma e com um rei louco — George III. A Londres Vermelha, onde vida e magia são reverenciadas, e onde Kell foi criado ao lado de Rhy Maresh, o boêmio herdeiro de um império próspero. A Londres Branca: um lugar onde se luta para controlar a magia, e onde a magia reage, drenando a cidade até os ossos. E era uma vez... a Londres Negra. Mas ninguém mais fala sobre ela. Oficialmente, Kell é o Viajante Vermelho, embaixador do império Maresh, encarregado das correspondências mensais entre a realeza de cada Londres. Extra-oficialmente, Kell é um contrabandista, atendendo pessoas dispostas a pagar por mínimos vislumbres de um mundo que nunca verão. É um hobby desafiador com consequências perigosas que Kell agora conhecerá de perto. Fugindo para a Londres Cinza, Kell esbarra com Delilah Bard, uma ladra com grandes aspirações. Primeiro ela o assalta, depois o salva de um inimigo mortal e finalmente obriga Kell a levá-la para outro mundo a fim de experimentar uma aventura de verdade. Magia perigosa está à solta e a traição espreita em cada esquina. Para salvar todos os mundos, Kell e Lila primeiro precisam permanecer vivos.


Olá pessoal, como vocês estão?

Estou aqui para compartilhar com vocês as minhas leituras. É tão bom quando acabamos de ler um livro e temos com quem falar sobre ele, não é?

Bom…o livro em questão, é o primeiro de uma trilogia da autora V.E. Schwb que se chama: “Um tom mais escuro de magia”. E pessoal, o livro é muito bom, vocês precisam lê-lo!

O mundo criado pela autora foi muito bem construído, bem como os seus personagens, mas falarei só de alguns, certo? Daqueles que foram muito importantes para trama e para mim, vamos à Resenha:

O primeiro a ser citado é o mestre Kell, que é um Antari, uma espécie de mago. Talvez sua característica mais marcante seja ter olhos de diferentes cores. Um é azul e o outro preto. Quando seus pais morreram ele foi acolhido pela família real da Londres Vermelha, chegando a ser querido por todos, bem como seu “irmão” Ryan.

Antes de prosseguir, é mister falarmos agora das Londres, que vem acrescentar mais magia na história. A cidade de Londres está dividida em 4 dimensões: Londres Vermelha, Londres Cinza, Londres branca e Londres preta.

A Londres Vermelha, consegue conviver com a magia tranquilamente. Londres Cinza, não tem magia, nem conhece magia. Londres Branca, aquela faminta de magia e poder, e finalmente a Londres Preta, que teve muita magia mas sucumbiu a sua necessidade de magia e poder. Devido aos acontecimentos na Londres preta todas as outras Londres foram seladas e a única maneira de transitar entre elas é através de magia.

Kell é o mensageiro, que vai de uma Londres a outra, para entregar as mensagens. Mas ele não é o único Antari, existe outro, Holland, que também possui um olho da cor diferente do outro: um é verde, e o outro preto. Holland pertence à Londres Branca, ele é considerado como um instrumento pelos irmãos dessa Londres, que o usam por causa de seus poderes.

Eu sei que é meio complicado entender as Londres só pela resenha, mas elas são bem explicadas no decorrer da leitura do livro.

Existe também nesse universo tão bem construído, uma mocinha adorável, que se chama Lila e que vai ajudar Kell, em muitas situações complicadas (Lina é da Londres Cinza, ou seja, não conhece magia).

Bom…Kell recebe um artefato de uma desconhecida que lhe disse que esse objeto precisa ser levado para a Londres Preta, e assim se inicia a grande aventura para destruir a magia ruim, pois tudo que vem da Londres Preta, é ruim. O que vai acontecer com Kell e Lila, vocês só vão saber lendo o livro.

Enfim, agora irei ler o segundo livro (um encontro de sombras), dessa trilogia mágica, espero que vocês tenham gostado da minha resenha.

Deixem nos comentários o que acharam, certo?

1 Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.