Review LIVRO X FILME Tudo e Todas as Coisas

Título: Tudo e Todas as Coisas
Autor (a): Nicola Yoon
Lançamento: 2016
Estante: SkoobGoodReads
Páginas: 304
Editora: Novo Conceito
Literatura: Estrangeira
Gênero: Drama, Romance,
Literatura Estrangeira, Jovem adulto, Ficção
Estrelas: 5/5

Sinopse: Lá dentro está tudo o que ela conhece, e lá fora tudo o que ela deseja.
Minha doença é tão rara
quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode
desencadear uma série de alergias. Não saio de casa e nunca saí em toda minha
vida. As únicas pessoas com quem convivo são minha mãe e minha enfermeira,
Carla.
Eu estava acostuma com
minha vida até o dia que ele chegou. Pela janela olho para o caminhão de
mudança, e então o vejo. Ele é alto, magro e está vestindo preto da cabeça aos
pés. Seus olhos são de um azul como o oceano.
Ele me pega
observando-o e me encara. Encaro-o também. Descubro depois que seu nome é Olly.
Talvez eu não possa
prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de
que vou me apaixonar por Olly. E é quase certo que será um desastre.

**ML**

Quando você está
preparado e acha que já viu de tudo na vida. Livros e adaptações como Tudo e
Todas as Coisas
vem para te surpreender.

Nicola Yoon não só
escreve excepcionalmente, como nos dá um olhar diferente sobre amizade,
proteção e amor.
Vamos começar pelo
livro.

Em Tudo e Todas as
Coisas vamos acompanhar a vida de Maddy – Madeline Whittier -, 18 anos e com
uma doença rara que não a permite sair de casa. Maddy tem IDCG Imunodeficiência
Combinada Grave, ou seja, ela tem alergia a tudo e por tudo é válido enfatizar
o mundo.
Ela não sai de casa
para nada, nem ir à escola, muito menos ao médico. Sua mãe que é a sua médica e professora e amiga e afins.
Tirando a mãe, Maddy
só se relaciona com Carla, sua enfermeira e babá. Vivendo basicamente em uma
cúpula, onde a vestimenta e qualquer outra coisa que venha a entrar na casa
tem que ser esterilizados, Maddy é uma adolescente passiva e aparentemente
feliz. Mas as coisas mudam quando a casa ao lado é ocupada por novos vizinhos
com um casal de filhos adolescente.
Olly o vizinho é
nada menos do que galanteador e faz com que Maddy se encante por ele mesmo
através do vidro.

É muito lindo, durante a leitura, a forma que a amizade dos dois se constitui. Olly bebe da
história de vida de Maddy e mesmo com seu jeito peculiar consegue dar mais vida
e brilho a ela. Com trocas constantes de mensagens, as descobertas acabam virando
uma linda história de amor.
Que acaba gerando um
grande questionamento e muitas descobertas a respeito da verdadeira condição de
saúde de Maddy e a superproteção de sua mãe.
Minha edição é a
primeira, que foi lançada pela Editora Novo Conceito, mas a Editora Arqueiro
lançou uma nova edição esse ano depois de comprar os direitos da autora. Não posso
fazer comparações entre as edições dos livros, mas afirmo que a minha é um
capricho. Com várias ilustrações e listas que são uma característica da Maddy.

Sobre o filme, eu
poucas vezes assisto adaptações que me trazem as mesmas sensações e sentimentos
do livro.
Mas os atores
escolhidos para viver os personagens me pareceu terem se identificado muito
bem.
Maddy vivida na
trama pela atriz Amandla Stenberg foi perfeita. Mesmo recebendo algumas
críticas a respeito da sua atuação, eu a achei bem real e interagida com a
Maddy. Já o Nick Robinson nasceu para ser o Olly. Eu realmente dei boas risadas
com seu jeito e derramei algumas lágrimas com o quão real ele foi.
O que me leva a
dizer, se você espera um romance/drama feat. Nicholas Sparks and Jojo Moyes, já
adianto de antemão que Tudo e Todas as Coisas passa bem longe disso. Amém!

Por isso dei 5
estrelas
merecidas ao livro e o favoritei. Óbvio que tem uns clichês aqui, ali
e acolá. Mas a real mensagem que a Nicola Yoon quis transmitir e foi habilmente
reproduzida nos cinemas, superou tudo.
Espero que vocês
tenham gostado desse DUPLO BIG review. Garanto que não há spoilers aqui e tem
MUITO mais que acontece. Por isso recomendo e recomendo que vocês leiam e
assistam o filme.
Beijos
See ya!
Mazinha

Mazinha

Sou Mazinha, minha idade não importa, né? A alma é eterna KKKKK’ Moro em uma cidadezinha inexistente no mapa, sou viciada em Crepúsculo e todas as fanfics baseada nele, o que não quer dizer que a SM seja a minha autora da vida. Amo Romances e tenho me aventurado nos thrillers e segundo a Dani Fernandes eu adoro romance hot, só que nunca confirmei isso! Comecei a ler com 10 anos (vocês que lutem para fazer cálculos, eu sou de humanas).

Leia também

24 Comentários

  • Morgana Brunner

    Que demais esse post menina, realmente o ler o livro e assistir ao filme dá muito diferença, eu apequenas quero assistir ao filme de tudo e todas as coisas, adorei saber a sua opinião e suas fotos ficaram tão lindas.
    Beijinhos

  • Raquel Machado

    Oi,
    Então eu infelizmente só vi o filme até o momento e posso dizer que gostei sim, não favoritei,mas achei interessante principalmente seu final. Gostei dos efeitos que eles colocaram no filme das mensagens que eles se trocam achei que deu um toque especial e pelo que sei é bem assim no livro. Fico feliz ao saber que a adaptação não deixou a desejar. Gostei muito do post.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    https://leiturakriativa.blogspot.com.br

  • Livros & Café

    Oi.

    Eu ainda não li este livro e também não vi o filme. Queria muito ler o livro antes de assistir a adaptação. Acho que não vou conseguir fazer isso até o final do ano. Já ouvi muitos comentários sobre a obra e estou bem ansiosa. Eu sei que vou gostar da leitura. E espero gostar do filme quando o ver.

    Beijos.

  • Manoel Alves

    Olá
    Eu já tinha visto muitos comentários a respeito desse livro e também do filme. Achei o lançamento do filme bem morno, não teve muita divulgação (pelo menos poro aqui) mas ainda sim tenho curiosidade de assistir ao filme. Vi todos os treilers e achei bem legal. Adorei o seu post e até mais ver

  • Felipe Cunha

    Oii, tudo bem?
    Já vi algumas coisas sobre esse livro e sobre o filme e acho a ideia bem bacana. Ainda quero ler um dia, a história é bem atraente e quero ver como tudo vai se desenvolver. Minha curiosidade aumentou com seu comentário sobre a superproteção da mãe.
    Sobre o filme, é tão bom quando uma adaptação se conecta com o livro de alguma maneira, né? Adorei o post.
    Até mais o/

  • Maria Valéria

    eu ainda não vi a adaptação mas li o livro quando a Novo Conceito lançou, acho a edição mais bonita que a da Arqueiro… curti a história, fiquei com muito ódio daquele 'ser' pelo que fez com a protagonista mas o romance achei meio 'mais do mesmo'. no geral foi uma leitura ok…
    bjs…

  • Carla

    Oie!
    Eu já li esse livro e gostei muito dessa história.
    Foi o primeiro livro da autora que eu li e a narrativa foi ótima, daquelas que começa e não consegue mais parar. Um ótimo livro que indico para todos.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

  • Maria Luíza Lelis

    Oi, tudo bem?
    Se tem um livro que me surpreendeu foi "Tudo e todas as coisas". Eu não esperava nada dele e terminei a leitura simplesmente apaixonada.
    Ainda não vi o filme, mas fiquei feliz de saber que foi uma boa adaptação e que os atores estavam adequados aos personagens. Eu sempre fico com o pé atrás quando fazem a adaptação de um livro que eu amo, mas pelo que você falou, acho que não vou me decepcionar.
    Adorei o post e vou tentar assistir o filme em breve.
    Beijos!

  • Alem de uma Prateleira

    Nossa que livro mais lindinho. Ainda não li ele e nem vi o filme, mas pelo que vi é um livro que arrasa corações. É muito bom quando eles conseguem adaptar o livro nas telonas e não cometem muitas gafes.

    Mas sempre achei que temos que dar um desconto, por que é muita coisa que se tem no livro que se for por tudo acaba que o filme vai ser gigante.

    Já tinha visto a resenha sobre esse livro e tinha me encantado e com a sua resenha não foi diferente. Me encantei mais uma vez e estou tentada em comprar ele.

    Beijos e parabéns pela resenha.

  • Dayhara Martins

    Não li o livro mas vi o filme e amei, a atuação da garota pra mim foi sensacional, ela também irá fazer O ódio que você semeia então já virou a minha queridinha do cinema, pra mim esse filme é todo lindo, desde a trilha sonora até a fotografia.

  • Barbara Sá

    Olá ♥
    Li ao livro – na edição da Arqueiro que também é linda – e assisti ao filme em seguida. Adorei o toque especial que a adaptação deu para a história, que já era incrível. As mudanças feitas não me atrapalharam muito e eu curti ambos de uma maneira singular.
    É um livro que indico de olhos fechados, a história da Maddy é tão surreal e fantástica ao mesmo tempo.
    Adorei todo o amor que você demonstoru nessa resenha.
    Um beijo,
    http://www.segredosentreamigas.com.br

  • Delmara Silva

    Oi,
    eu não li o livro ainda mas está na meta. O filme eu assisti e gostei bastante mas não achei na extraordinário é até fofo mas como na maioria das adaptações é bem superficial. Eu entendo que não da pra por tudo que tem no livro em um filme de poucas horas e por isso pretendo lê-lo para ter uma opinião mais fidedigna sobre a história.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

  • Diane

    Olá
    Eu já li TUDO E TODAS AS COISAS e até que gostei, minha única ressalva foi aquele final, que ao meu ver foi totalmente sem sentido… Sobre o filme, não posso opinar porque ainda não assisti.
    Gostei do post
    Beijos

  • Thayenne Carter

    Olá,

    Tenho muita vontade de assistir ao filme e ainda mais de ler o livro, mas a oportunidade ainda não surgiu, minha pilha de não lidos que o diga. Enfim, achei muito bacana seu duplo review, mesmo querendo não fazer comparações, quando se trata de adaptação os leitores sempre ficam receosos né, bom saber que ambos são bons.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

  • Stalker Literária

    Oi!
    Eu li esse livro quando foi lançado pela NC e gostei muito, apesar de ter adivinhado o plot twist e não ter gostado tanto do final.
    Achei muito legal a sua resenha comparando filme e livro, quero muito assistir o filme pra comparar também com as minhas impressões sobre o livro, espero gostar

  • Polly - Entre Livros e Personagens

    Olá, tudo bom?
    Assim como você, amei o livro e me encantei muito com a premissa criada pela autora. Sobre a edição da arqueiro, ela é tão caprichada quanto a da novo conceito, viu? <3 rs
    Em relação ao que falou do filme, bem, ao contrário de você não curti muito não =/ achei que não conseguiu me passar um terço do que senti com a leitura =/ Mas fico muito feliz que tenha gostado!

    Beijos!!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Categorias

Arquivos