[TopList] Diferença de Idade

Olá queridos e queridas,
Depois de 1 ano longe do Brasil e do blog: eu voltei!!!!


Para o toplist de hoje, teremos novamente um dos temas que mais amo: diferença de idade!!! Dessa vez vai ser o homem mais novo/mulher mais velha. Posteriormente, poderemos ter o contrário.



Vamos lá?




1 – Série The Education – 
Jane Harvey Berrick

Essa série é maravilhosa, uma das
minhas preferidas.    


The Education of Sebastian


A amizade entre a perdida e solitária Caroline  e o
infeliz Sebastian, leva a um amor ilícito que ameaça a ambos. Caroline
Wilson está presa em um casamento sem amor e frio com um homem mais
velho. Quando o marido finalmente ganha uma promoção muito esperada,
Caroline sente que ela tem pouca escolha a não ser segui-lo para uma nova casa
em San Diego. Lá ela conhece Sebastian, um jovem de 17 anos. Em um
muito breve verão, tudo são flores e felicidade. Mas as pressões externas
começam, com o David arrogante, e os pais de Sebastian começando a suspeitar
que seu filho tem um segredo. Mesmo Donna, a nova amiga de Caroline, percebe
que existem paixões obscuras abaixo dessa superfície de pretensa serenidade.





2 – Arsen – Mia Asher


Apesar da diferença de idade não ser o tema principal, vale
entrar na lista!!!


Um olhar foi o suficiente… Eu sou uma traidora. Eu sou uma
mentirosa. Toda a minha vida é uma bagunça. Eu amo um homem. Não, eu amo dois
homens… Eu acho. Um faz amor comigo. O outro me deixa em chamas. Um é a minha
rocha. O outro é a minha criptonita. Estou quebrada, perdida e enojada de mim
mesma. Mas eu não consigo parar. Esta é a minha história. Minha quebrada
história de amor. 










  
3 – Na Ilha – Tracey Garvis Graves

Se você não leu, O QUE ESTÁ ESPERANDO????


Anna Emerson é uma professora de inglês de 30 anos
desesperada por aventura. Cansada do inverno rigoroso de Chicago e de seu
relacionamento que não evolui, ela agarra a oportunidade de passar o verão em uma
ilha tropical dando aulas particulares para um adolescente. T.J. Callahan não
quer ir a lugar algum. Aos 16 anos e com um câncer em remissão, tudo o que ele
quer é uma vida normal de novo. Mas seus pais insistem em que ele passe o verão
nas Maldivas colocando em dia as aulas que perdeu na escola. Anna e T.J.
embarcam rumo à casa de veraneio dos Callahan e, enquanto sobrevoam as 1.200
ilhas das Maldivas, o impensável acontece. O avião cai nas águas infestadas de
tubarão do arquipélago. Eles conseguem chegar a uma praia, mas logo descobrem
que estão presos em uma ilha desabitada. De início, tudo o que importa é
sobreviver. Mas, à medida que os dias se tornam semanas, e então meses, Anna
começa a se perguntar se seu maior desafio não será ter de conviver com um
garoto que aos poucos torna-se homem.

  

4 – Playing in the rain – Jane
Harvey Berrick


A diferença de idade também não é
o tema principal, mas tem sim influência na história!



Ava
Lawton não pode acreditar na maré de azar que ela está. É esperado que seja um
momento emocionante em sua vida: recém-saída da faculdade, vivendo em um estado
novo, com um novo emprego, e longe de sua família finalmente.


Mas
quando ela é forçada a largar o emprego, tudo se desmorona rapidamente. De
repente, ela está sozinha no meio da multidão, sem ninguém a quem
recorrer.
Agora é a
hora de viver a vida à sua maneira.
Agora é a hora de escolher ser feliz.
E talvez
seja hora de deixar um belo estranho ser parte de sua vida
Em seu
ponto mais baixo, um estranho lhe dá uma mensagem que lhe traz esperança.


5 – Série Filthy Beaultiful –
Kendall Ryan – Beautiful Lust





Sou suspeita para falar, eu amo
de paixão o PACE!!





Pace Drake
adora sexo. Ele sabe onde conseguir, o que dizer, o que fazer e ele não se
desculpa por satisfazer as suas necessidades. Mas quando ele conhece a mãe
solteira, Kylie Sloan, ele fica encantado com ela e começa a questionar seu
estilo de vida. A seriedade e determinação de Kylie fazem seus dias de
diversão, bebedeira, que predominam seus fins de semana, parecem vazios e
superficiais. Ela é o oposto das mulheres pegajosas e desesperadas que ele está
acostumado. Ela não quer ou precisa de ninguém para cuidar dela, o que só o faz
querer cuidar mais dela.
 



A confiança de Kylie nos homens desapareceu. O último cara que ela
brincou com um pênis, fodeu com seu útero e a deixou com um bebê para
cuidar.  Agora o seu filho recém-nascido é o  único homem que ela tem
tempo, mesmo que ela sinta falta de sexo e intimidade mais do que ela queira
admitir. Abrir seu coração a um homem mais novo, que é mais conhecido por não
ter amarras no sexo, por estilo de vida casual é provavelmente a pior ideia que
ela já teve. Mas Pace quer provar a ela que ainda há bons mocinhos e ao
observar a maneira doce que ele interage com o seu bebê faz com que ela queira
tentar… mas ela pode realmente confiar em seus dias de conquistador estavam
apenas em seu passado?











6 – Milf – Erin Noelle


Uma história de
amor proibido com um lado de vingança…

Quando meu marido por quase
vinte anos de repente me deixou por outra mulher, eu pensei que a minha vida
tinha acabado.

Mas eu estava
errada… Errada por pensar que eu era fraca,  errada em supor que eu
não poderia seguir em frente, errada por acreditar que eu não amaria de
novo. Não importa o que os outros pensam, Errado nunca pareceu tão bom.










7- Second Chances – H M Ward






Eu não sou um bom partido, eu nem tenho certeza
de que sou o que eles chamam de “mentalmente estável”, não mais.
Tanta coisa aconteceu muito rápido e isso rasgou minha alma ao meio. Estou
sozinha, com um bastão de plástico na mão que diz a palavra que estava tão
ansiosa para ver. Grávida.
Sorte no amor uma vez é um milagre, mas eu o perdi, e este bebê é tudo que me
resta. Minha vida virou cinzas em um piscar de olhos e não há nada que eu possa
fazer sobre isso.
Os anos passam e eu ainda estou aqui, mas não parece isso, não até que o menino
do gramado, Daniel Clemment, vem me checar. Eu. A calça de ioga, o rabo de
cavalo, a desmazelada bunda, cabelo de mãe coberto de tudo que o bebê atirou em
mim na hora do almoço.
Os olhos escuros de Daniel ficam muito tempo, como se ele gostasse do que vê.
Estou chocada e lisonjeada, mas ele é muito jovem. A diferença de idade entre
nós é mais de uma década, mas isso não o impede. Se eu dormir com ele todo
mundo vai pensar que eu perdi a cabeça. Talvez eu tenha, porque todos os dias
que vejo o corpo sexy e tonificado de Dan brilhando à luz do sol, considero
senti-lo pressionado contra mim, nu. As poucas vezes que seus dedos roçaram
minha pele foram o paraíso, mas uma vez que as roupas dele saem – ele é um deus
e eu sou … eu.
Eu tenho ficado sozinha por muito tempo. Com certeza, um beijo não vai doer, um
sabor de sua boca deve ser inofensivo. As coisas não têm que ir tão longe, mas
estou errada.
O amor só acontece uma vez na vida. Só os tolos pensam de outra forma, e eu sou
a maior idiota de todos eles.



8- The Toy boy – April Vine

O único defeito desse livro é ele ser tão curtinho!


Ficar cobiçando o sobrinho
quente do seu vizinho, que, aliás, é dez anos mais novo enquanto cortava a
grama sob o sol, já foi uma coisa ruim para sua reputação. Agora, encontrá-lo
no mesmo sex shop onde ela está comprando um brinquedinho para resolver o seu
problema sexual que foi causado por ele, é outra coisa completamente diferente
e força a defensora de regras de trinta e quatro anos, Cait Daniels, sair
voando com o rosto vermelho de vergonha através das portas da Coition Curious
sem levar a mercadoria que tinha em mãos.

Uma vez que
ele está hospedado com o seu tio por alguns dias, Declan Meyer quer fazer a
coisa da boa vizinhança e devolver o brinquedo sexual a sua dona por direito.
Só que nesse caso, a dona por direito é a mesma mulher que ele quer em sua
cama, em seu coração e em sua vida. Ele não tem nada contra ficar segurando a
ferramenta de prazer e ameaçar a sua boa permanência na tentativa de mostrar a
ela qual o verdadeiro negócio com ele, sem importar sua idade.



9 – Faça-me sua – Kendall Ryan

Olha ela ai de novo, Kendall detona!!!

Emocionalmente incapacitada, Liz não está
procurando por um relacionamento quando conhece seu delicioso vizinho,
Cohen. Ele é poucos anos mais novo, bombeiro voluntário e… virgem, fazendo com que
ele seja totalmente proibido. Mas ela nunca foi de recuar em um desafio,
ela se sente atraída por ele mesmo enquanto continua a satisfazer suas
necessidades físicas em outro lugar.
Mesmo quando ela passa suas tardes nos braços de
outro homem, ela, de alguma maneira, se encontra enrolada
na cama de Cohen toda noite. Há um bom tempo que ela não saber o que é dar uns
bons amassos,  mas Cohen está mostrando o quão divertido pode ser não
fazer sexo…
Quando ele se fere, seus reais sentimentos por ele aparecem e ela tem que
decidir se está disposta a se arriscar no amor após ter suportado tanto
desgosto no passado. Cohen tem seus motivos para ser virgem e quando Liz os
descobre ela decide que o melhor para os dois é ficar na amizade. Ele quer
encontrar seu verdadeiro amor e ela, por problemas em seu passado, não esta
pronta para abrir seu coração. Mas como ignorar a atração que sentem um pelo
outro?






















10 – Rowdy – Jay Crownover


A diferença de idade nem é tão grande assim!


Rowdy –
Após a única garota que ele já amou dizer a ele que ele nunca seria o
suficiente, Rowdy St. James tirou a poeira do Texas de suas botas e se preparou
para viver com o seu apelido. Um bom garoto à procura de bons momentos e bons
amigos, Rowdy se recusa a levar nada muito a sério, especialmente quando se
trata do sexo oposto. Queimado pelo amor uma vez, ele não vai se deixar confiar
em uma mulher novamente. Mas isso é antes de sua nova colega de trabalho
chegar, um fantasma do passado que de repente o fez questionar cada lição que
nunca aprendeu.
Salem Cruz cresceu em uma casa com muitas regras e muito pouca diversão – um
mundo de infelicidade que ela não podia esperar para esquecer. Mas uma coisa
agradável desta infância tinha ficado com ela; a memória do doce menino de
olhos azuis da casa ao lado que estava apaixonado por sua irmã mais nova.
Agora, o destino e um velho amigo a trouxe para Rowdy, e Salem está determinada
a mostrar a ele que ele pegou a irmã errada. A missão está funcionando
perfeitamente, até que a única pessoa que os une aparece, ameaçando separá-los
para sempre.



11 – Tim – Colleen Mccullough



Artamon, bairro de classe média em Sidnei, Austrália. Mary Horton,
solteirona, na casa dos quarenta. Rica, porém simples e solitária,
acredita não necessitar de amigos, tampouco de um amor. Vive bastante
satisfeita em seu confortável lar com vista para um amplo jardim e um
imponente Bentley estacionado na garagem. Sem contar a casa de praia,
que adquiriu com o fruto do seu trabalho e dos investimentos realizados.
A literatura e a música ajudam-na a preencher a solidão. Mary não
aspira a coisas que não conheceu.

Tim Melville, vinte e cinco anos, operário inexperiente, filho de Ron e
Esme Melville, que o receberam como uma dádiva para o seu tardio
casamento. Tem o rosto, o corpo e a graça de um deus grego. Embora
belíssimo, está longe de possuir um intelecto em harmonia com o físico
deslumbrante.

Todavia, Ron e Esme, operários simplórios, pessoas sensatas e sem
ambição, o amam pelo que ele é. O casal o preparou para viver segundo as
suas possibilidades. Tim é um sujeito insignificante que trabalha na
construção, infatigável e bem mais esforçado do que os companheiros. Os
dias de trabalho pesado e os fins de semana são passados com o pai num
bar; as noites em casa, ao lado da família assistindo à televisão. Para
ele, uma vida segura e tranquila.

O jovem é tão maravilhoso de se admirar que Mary Horton não consegue
acreditar nos próprios olhos ao vê-lo, pela primeira vez, trabalhando na
reforma da casa ao lado. A vizinha, pessoa franca e de bom coração, foi
quem a alertou tanto para a doçura quanto para as graves limitações do
rapaz. Mesmo assim, Mary o contrata para trabalhar como seu jardineiro
nos fins de semana e descobre que, usando apenas um pouco de delicadeza,
é possível extrair tudo do rapaz. Isso é novo para ela, como também o é
a afeição que sente, um tipo de sentimento maternal que destinaria ao
filho que nunca teve. Tim também lhe ensina muitas coisas, entre outras a
ver o verdadeiro mundo com olhos novos e otimistas.

Um idílio em que ambos dão e recebem muito, mas que infelizmente se
modifica, como acontece com todos os idílios. Uma história de singela e
suave beleza, de inesperados acontecimentos que tanto tocarão os
leitores como os surpreenderão. 


TEM O FILME: COM MEL GIBSON 




12 – Mid-Life Love – Whitney G.

Gostei muito!!! Mocinho ciumento ;p
Se você
me perguntasse o que o amor era há dois anos atrás, eu provavelmente teria
dito: ‘É esse sentimento incrível que obceca e possui você; é o que eu e meu
marido temos atualmente.” Se você me fizer a mesma pergunta hoje, eu vou
dizer: ‘Por favor, de o fora da minha frente.
A vida de
Claire Gracen é a imagem perfeita. Sua carreira como diretora de marketing está
à beira de ser lendária, e seu casamento com seu namorado da escola nunca foi
tão forte. Não havia espera. Ele acontecia. Isso costumava ser surpreendente e
gratificante, mas um dia Claire percebe que ela está vivendo uma mentira e sua
melhor amiga e o marido cometeram a traição final.

Quebrada
e deprimida, Claire tem necessidade de algo novo, cidade nova, trabalho novo,
novos amigos.



13 – Dica de filme: Amor sem pecado

 

Leia também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Categorias

Arquivos